sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Nota de Agradecimento da Prefeitura de Coelho Neto.


A imagem do dia.

Jovem coelhonetense que se encontrava desaparecido desde o último dia 18 foi encontrado na manhã desta sexta-feira (22), no Povoado Belágua, próximo à sede do município. 

O desaparecimento do mesmo causou comoção na população e mobilizou um grande número de pessoas dispostas a ajudar na localização do rapaz de 18 anos. Cartazes de procura-se inundaram as redes sociais nos últimos dias e até o corpo de bombeiro foi acionado para ajudar nas buscas. 

Segundo informações preliminares, o jovem fora encontrado por um vaqueiro de um comerciante local, na localidade acima citada e estava um pouco debilitado.

Na imagem acima, Bruno descansa no colo da mãe, que viveu momentos de agonia com o desaparecimento do filho.

Macaco assombrado.


Rapidinha do dia.



Rapaz, a dor de cotovelo tem causado sofrimento em algumas figuras de Coelho Neto.

Sem ter o que dizer resolveram implicar com a contratação da cantora Márcia Fellipe, que irá animar a última noite do Corredor Folia, no município.

Se o governo traz bandas mais ou menos, dizem: “Só banda paia!”

Se traz atração de peso, dizem: Nossa! Pra quê gastar tanto!

Só "mininu réi" preocupado com o povo! Com o bucho mesmo!

Eita, que o diabo é moleque!


Valeu, Prefeito Américo! O povo de Coelho Neto também é gente e merece brincar um Carnaval com boas atrações.


Vem Márcia Fellipe!



quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

TÁ NA CONTA! PREFEITO AMÉRICO GARANTE PAGAMENTO DE 1/3 DE FÉRIAS REFERENTE AO ANO 2018.


Em uma negociação bem sucedida com o Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal da Microrregião de Coelho Neto/Maranhão-SINTASP/MCN, por meio do seu representante legal, Izaque da Silva Vale, a partir de proposta feita pela direção da entidade, o Prefeito Américo de Sousa garantiu o pagamento de 1/3 de férias dos servidores públicos municipais do quadro efetivo, neste dia 21/02, referente ao ano de 2018.
O Município compromete-se a efetuar o pagamento de 1/3 (um terço) de férias referente ao ano de 2016, que não foi pago na gestão do prefeito anterior, dividindo o montante da dívida em 12 parcelas, a partir da competência de março de 2019, obedecendo a ordem alfabética de servidores municipais que apresentarem requerimentos administrativos.
Também será efetuado o pagamento de 1/3 de férias referente ao exercício de 2019, a partir da competência do mês de março de 2019, obedecendo ao critério da data de aniversário do servidor no serviço público, respeitando-se os limites orçamentários.
Essa é mais uma comprovação do compromisso da Gestão Municipal com o funcionalismo público.

Coelho Neto: Olha quem vai estar no Corredor Folia 2019!!!


Em nota, Secretaria Municipal de Educação de Coelho Neto rebate matéria leviana de blogueiro da oposição.


Márcia Fellipe no Carnaval 2019 de Coelho Neto-MA.


terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Américo firma acordo com a categoria de servidores para pagamento de terços de férias e deixa turma da "comissão independente" no vácuo.

Acordo  de pagamento firmado. 

A turma da comissão saiu comemorando a contraproposta da Prefeitura de Coelho Neto em relação ao pagamento dos terços de férias dos servidores municipais, mas a verdade é que a mesma ficou no vácuo e coadjuvante, sem direito a estatueta, no episódio.

Explico: Quando a turma resolveu ir ao MP buscar intermediação, já havia uma pauta a respeito do assunto, protocolada junto ao governo municipal pelo SINTASP/MCN, entidade legalmente constituída e única representante dos servidores no município, cujo teor encontrava-se em discussão, sendo realizada uma reunião entre governo e representantes do SINTASP/MCN, no último dia 15, onde o Prefeito Américo apresentou contraproposta. E ontem (18), após a análise soberana da Assembleia dos Servidores, foi sacramentado o acordo para pagamento dos terços de férias. Inclusive daquele deixado pelo governo de Soliney Silva, que não foi competente o bastante para quitar dívidas de sua responsabilidade.


Governo municipal apresenta contraproposta.
Agentes de Saúde e Agentes de Endemias também foram beneficiados no acordo.

Mas voltando ao vácuo, quero dizer, à turma que nele ficou.

Teve gente que até se arrumou, pôs paletó e gravata para sair bonitinho na foto, comemorando um acordo do qual não tiveram mérito algum. Aliás, sequer participaram do mesmo, uma vez que este se deu entre representantes do sindicato e governo municipal.

Vale ressaltar que o acordo foi além da proposta de pagamento dos terços de férias. Atendendo solicitação do sindicato, o governo municipal incluiu no acordo o reajuste do piso salarial dos Agentes de Saúde e Agentes de Endemias.

A celebração do acordo entre Américo e sindicato deixa a turma da comissão sem o discurso que lhe interessa. Nas últimas horas, algumas pessoas dessa turma se esforçavam nas redes sociais para tentar demonstrar que o acordo só teria saindo por conta da ida ao MP, ignorando o papel do órgão numa situação como essa. O Governo vai pagar porque conseguiu os recursos necessários para tal. Ou se paga sem ter recursos?

A bem da verdade, se Américo quisesse judicializar o pagamento do terço de 2016, terminaria o mandato e os servidores não receberiam, mas ele demonstrou mais uma vez que tem compromisso com a categoria, garantindo no acordo o pagamento dessa conta que Soliney não pagou. Uma das muitas que ele deixou, diga-se de passagem.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

PREFEITO AMÉRICO DE SOUSA E PRESIDENTE DO SINTASP CELEBRAM ACORDO PARA PAGAMENTO DE 1/3 DE FÉRIAS.

Estiveram reunidos nesta noite, 18/02, o prefeito Américo de Sousa e o presidente do SINTASP/MCN, Izaque da Silva Vale, para efetivação do Termo de Acordo que entre si celebram, de um lado, Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal da Microrregião de Coelho Neto/Maranhão-SINTASP/MCN, e de outro o Município de Coelho Neto, representado pelo Prefeito Municipal Américo de Sousa. Durante o encontro, o Sindicalista apresentou para o gestor municipal a proposta feita pelos filiados da entidade para pagamento de 1/3 de férias 2016, 2018 e 2019.
Na ocasião, foi firmado, entre o Governo Municipal e Sindicato, o compromisso de criar uma Comissão Permanente de Negociação Coletiva e de Acompanhamento da Execução dos Recursos do FUNDEB. Um mecanismo que garantirá mais transparência na aplicação do recurso da educação municipal.

sábado, 16 de fevereiro de 2019

PREFEITO AMÉRICO RECEBE REPRESENTANTES DO SINTASP E APRESENTA CONTRAPROPOSTA.


O Prefeito de Coelho Neto, Américo de Sousa, acompanhado de secretários municipais, recebeu na sede da prefeitura representantes do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal da Microrregião de Coelho Neto-MA-SINTASP/MCN para discussão de pautas e assuntos de interesse dos servidores públicos municipais.
As reivindicações apresentadas pelo sindicato foram devidamente analisadas pela administração municipal que, na oportunidade, apresentou uma contraproposta, a qual será levada pela direção do sindicato para ser apreciada pelos servidores por meio de assembleia.
Durante a reunião, o prefeito Américo de Sousa reafirmou que segue trabalhando de forma tranquila, responsável e compromissada com os anseios da população coelhonetense e que os direitos dos servidores são prioridades e sempre serão respeitados em sua administração, a exemplo do reajuste salarial, na competência de janeiro/2019.
Vale ressaltar que o governo municipal tem realizado outras reuniões com a direção do SINTASP e mantido o diálogo permanente com a entidade representativa.

Grifo nosso:
Enquanto a turma que não tem nenhuma legitimidade para falar em nome da categoria faz politicagem, usando como escudo uma falsa bandeira de luta por direitos, representantes do SINTASP/MCN, legalmente constituídos, buscam através do diálogo com o governo municipal a resolução de questões de interesse dos servidores. 
Ressaltando que, embora Américo, na condição de gestor municipal, não possa agir como sindicalista que é, mantém vivo dentro de si o espírito de luta. Bem como, reconhecimento e sensibilidade à causa do servidores municipais. E o que se referir a direitos da categoria será tratado entre governo e os verdadeiros e únicos representantes legais do SINTASP/MCN, queira ou não a turma da bagunça!

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Mais uma do blogueiro que gosta de passar vergonha.


Imagem relacionada
Depois de passar vergonha no caso EIRELI o blogueiro que não sabe escrever, mas que de uns tempos para cá vem postando textos mais ou menos arrumadinhos, do ponto de vista ortográfico, só que variando mais que juízo de doido em questão de conhecimento, resolveu afirmar que o Prefeito Américo irá pagar o terço de férias referente ao ano de 2018 para não ter que se explicar ao Ministério Público. E que saindo o pagamento o mérito seria decorrente da ação dos “servidores” que procuraram o MP. Agora bem aí...

O sabido que escreveu o texto deveria antes ter consultado um bom advogado sobre o assunto. Assim iria entender que uma Audiência em si do gestor municipal com o Ministério Público não o obriga a nada. E se o Prefeito vier a efetuar o pagamento do terço de férias dos servidores, como acreditamos que o fará, é porque conseguiu verba para tal, como muito bem observou Dra. Meire, em comentário feito em uma rede social a respeito da matéria blog.

Aliás, uma fonte nos informou que dias atrás o Prefeito Américo teria determinado que fosse preparada a folha de pagamento de dois terços de férias, mas aí teria ocorrido o bloqueio no FPM do município e os cálculos tiveram que ser refeitos para um terço. Se procede ou não essa informação, não sabemos, mas foi o que chegou ao conhecimento deste blog.

O certo é que a gestão municipal atual trabalha com planejamento. De modo que especulações de blogs e ações politiqueiras de adversários, sob o disfarce de luta por direitos, não colocam verbas nos cofres da Prefeitura para o cumprimento de compromissos financeiros do governo, penso eu.

Prefeitura de Coelho Neto divulga logomarca do Carnaval 2019.

A Prefeitura de Coelho Neto, através da Secretaria Municipal de Comunicação, divulgou na manhã desta quinta-feira (14) a logomarca do Carnaval 2019. A expectativa é de que o município realize mais uma grande festa carnavalesca, a exemplo de 2018. 

É aguardar e conferir.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Irresponsabilidade administrativa de governos anteriores deixa Coelho Neto em situação difícil.



Recentemente, a Prefeitura Municipal de Coelho Neto divulgou nota de esclarecimento a respeito do bloqueio no valor de R$ 314,715,93 do Fundo de Participação do Município – FPM, executado pela Receita Federal e informou à população a existência de dívidas contraídas e deixadas por governos anteriores.

O fato demonstra, entre outras coisas, a falta de responsabilidade desses governantes com a coisa pública e com população. Talvez, levados pelo sentimento de que a Justiça tende a ser morosa no país, quando se trata de casos como esse, onde políticos irresponsáveis tornam inviável a vida financeira de um município.

Inadimplente, Coelho Neto não pode firmar convênios, no plano estadual ou federal. É um município com o nome sujo.

E o que é uma cidade pequena impedida de buscar verbas e projetos para melhorar a vida de sua gente?

Enquanto a cidade permanece afundada em dívidas, algumas que jamais se conseguirá pagar, os demagogos responsáveis por isso estão impunes. Sorrindo da desgraça do povo.

Mas afinal, o que era feito, por exemplo, com os valores descontados dos servidores referentes a encargos previdenciários nos anos de 2013 a 2016, já que não foram repassados ao INSS, gerando uma dívida impagável no valor de R$ 25.865.208,13 (Vinte e cinco milhões, oitocentos e sessenta e cinco mil, duzentos e oito mil e treze centavos?

Será que esse dinheiro serviu para alimentar as famigeradas "lagartas"? Financiar projeto político?
De 2013 a 2016 o município foi governado por Soliney Silva(segundo mandato).

Afundaram Coelho Neto no caos e agora veem de chicote na mão exigindo saúde e vigor de um município financeiramente cambaleante, que provavelmente ficou nessa situação por manter regalias e privilégios de muitos daqueles que agora cobram providências do governo atual. Hipócritas!


Confira a íntegra da Nota de Esclarecimento da Prefeitura de Coelho Neto.




terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

A imagem do dia.

Trabalhadores demitidos do Grupo João Santos realizam manifestação no sede da Justiça do Trabalho em Caxias.

Nota de Esclarecimento do vereador Reginaldo Janse.

É do conhecimento da população a viagem de uma comitiva de vereadores de Coelho Neto, para posse dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. Houve por parte de alguns o questionamento de minha ausência no grupo. Senti a necessidade de esclarecer alguns pontos. O primeiro deles é que na sessão da aprovação da Lei de readequação das diárias dos Edis da casa eu havia votado porém com restrição no que diz respeito aos valores, entendendo ser acima do que suporta a nossa realidade, o que justifica a minha ausência na comitiva, além disso no meu entender, uma viagem só deve ser custeada com recursos da Câmara quando ela tem a finalidade de trazer benefícios para comunidade.
Finalizando sempre que há uma necessidade desta natureza é necessário que haja uma discussão com todos da casa, para avaliação de sua viabilidade ou não. Ressalto que minha nota não visa levantar polêmica sobre o assunto e sim deixar claro que a tabela das diárias eu votei mas não concordei com os valores, isto é quero apenas clarear os fatos. 
( Vereador Reginaldo Janse). 

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

A imagem do dia.

Luto no Flamengo e o fim do sonho de se tornar jogador profissional para os garotos que partiram deste mundo em decorrência do trágico incêndio ocorrido no CT do clube, na madrugada desta sexta-feira, 08/02/19, no Rio de Janeiro.

10 mortos e 3 feridos, segundo as primeiras informações. A maioria garotos de outros estados. Famílias desesperadas.

Resultado de imagem para incendio no flamengo
Área do alojamento onde ocorreu o incêndio. 

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Prefeito Américo, construindo a cidade que queremos!



Pouco a pouco, o Prefeito Américo de Sousa vai construindo a cidade que queremos.

Um dos exemplos disso são as novas instalações da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca de Coelho Neto.

Em sua gestão, o setor agrícola mudou da água para o vinho, do tabuleiro de dama, a que se resumia, para a informatização, produção de alimentos e valorização dos agricultores familiares.

Apesar das dívidas herdadas de gestões passadas, algumas impagáveis, diga-se de passagem, Américo segue trabalhando pelo bem-estar da população do município.

Seu governo tem atuado em todos os setores da administração municipal. Como deve ser!




terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

COELHO NETO: VOLTA ÀS AULAS 2019!


Por determinação do Prefeito Américo de Sousa, a Secretária Municipal de Educação e Cultura, Williane Caldas, reuniu na manhã desta terça-feira (05/02) gestores e coordenadores das escolas municipais para a definição das diretrizes escolares e apresentação do Calendário Escolar de 2019, que terá início com o Momento Pedagógico, a ser realizado entre os dias 18 e 22 de fevereiro. Já o ano letivo, com início das aulas a todos os estudantes, começará no dia 25 de fevereiro.
Com o planejamento prévio da equipe da SEMEC, o ano escolar de 2019 será concluído com 203 dias letivos, que segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), de 1996, o ano letivo corresponde ao mínimo de 200 dias letivos e 800 horas de efetivo trabalho escolar.

NOTA DE ESCLARECIMENTO.


A Prefeitura de Coelho Neto, através da Secretaria Municipal de Comunicação, vem a público esclarecer fatos relacionados ao bloqueio de todo o recurso do Fundo de Participação dos Municípios-FPM, referente ao mês de janeiro de 2019, conforme segue:
1.O valor de R$ 314.715,93 (trezentos e quatorze mil, setecentos e quinze reais e noventa e três centavos), oriundos do Fundo de Participação dos Municípios-FPM, foi bloqueado pela Secretaria da Receita Federal, no último dia 21 de janeiro de 2019, em virtude de débitos provenientes com o Instituto Nacional do Seguro Social-INSS, originados em gestões anteriores.
2.A Prefeitura paga, atualmente, uma dívida de R$ 6.926.375,35 (seis milhões, novecentos e vinte e seis mil, trezentos e setenta e cinco reais e trinta e cinco centavos), de gestões anteriores ao ano de 2013, parcelada em R$ 71.968,17 (setenta e um mil, novecentos e sessenta e oito reais e dezessete centavos), debitada mensalmente do Fundo de Participação dos Municípios-FPM.
3.De acordo com as informações da Receita Federal, o município possui, ainda, uma dívida impagável com o Instituto Nacional do Seguro Social-INSS, oriunda de débitos referentes à gestão dos anos de 2013 a 2016, no valor de R$ 25.865.208,13 (vinte e cinco milhões, oitocentos e sessenta e cinco mil, duzentos e oito reais e treze centavos).
4.Diante de todos esses débitos, o Município de Coelho Neto, através da gestão atual, fica impedido de firmar convênios e executar obras e serviços importantes para a melhoria da qualidade de vida da população.
5.O bloqueio do Fundo de Participação dos Municípios-FPM impossibilita a Prefeitura de manter a folha de pagamento em dia, fornecedores e honrar outros compromissos, uma vez que o FPM é essencial para o funcionamento da gestão municipal, sendo essa a maior receita utilizada para a manutenção e funcionamento da máquina administrativa.
Apesar das referidas dívidas previdenciárias, acima descritas, oriundas na gestão anterior, o Prefeito Américo de Sousa está tomando as devidas providências legais, bem como um planejamento centrado no compromisso e transparência, para honrar com o pagamento do funcionalismo público municipal, fornecedores e manter os serviços municipais.

Coelho Neto (MA), 05 de fevereiro de 2019
Secretaria Municipal de Comunicação

Empreendimento chega a Coelho Neto com expectativa e cerca de 60 empregos.

A Prefeitura de Coelho Neto, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbanismo, autorizou por meio de Alvará, à empresa FM Pontes Atividade Imobiliária EIRELI, a construção de um prédio comercial na Praça Duque Bacelar, área central do município.
De acordo com informações prestadas à prefeitura, o prédio será sede da futura instalação da rede de Lojas Americanas. O projeto de construção segue os padrões de urbanização do município.
Uma das solicitações do Prefeito Américo de Sousa, aos empresários, é que toda a mão de obra a ser utilizada na construção do prédio e nas dependências da loja seja contratada dentro do próprio município. 
Conforme dados preliminares serão gerados cerca de 60 empregos diretos na loja. A chegada das Americanas, em Coelho Neto, se dá após uma pesquisa interna de avaliação sobre o cenário econômico local acerca da viabilidade da instalação de novos empreendimentos, melhorando significativamente a economia.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

EZEQUIAS MARTINS.

Blogueiro Ezequias Martins.

Aos nove anos de idade (1947), sai de Coelho Neto, pela primeira vez em busca de conhecimentos. Pajeados por Isidoro, partimos do ITAPIREMA, às cinco horas de uma manhã chuvosa de março tendo como destino inicial a cidade de Caxias. Da caravana faziam parte José, Luís, Bernardo e Magno que, montados em cavalos e burros, fariam o percurso de 97km em dois dias. Com pernoite em Serra Negra alcançaríamos nosso destino ao final da tarde do segundo dia. Chegando à terra de Gonçalves Dias nos hospedaríamos na pensão da Benedita, às margens da estrada de ferro e próximo à estação do trem que nos conduziria ao ponto final desejado que era a capital maranhense.

Seria injusto e despropósito omitir as delícias e encantos desta viagem-aventura antes protagonizada inúmeras vezes pelos irmãos mais velhos. (Ida em março, para o início das aulas e retorno em dezembro para as férias) O banho nos riachos, o frito acomodado em latas, os pernoites na casa de conhecidos e amigos do Duque, a pensão da Benedita parada obrigatória às margens da Estrada de Ferro. A figura do homem muito forte de Isidoro, anjo da guarda das crianças e animais a cuidar dos arreios e alimentação com lealdade e dedicação , em que se mesclavam as figuras de pai e mãe.

Depois de longa estrada percorrida, de muitas batalhas, derrotas e vitórias, já aos 65 anos, volto a Coelho Neto com pretensões de me fixar e residir até o final da vida. No decorrer das obras de reforma e adaptação da casa, fiz muitas viagens a São Luís. Numa delas dei carona a um jovem repórter que levava consigo material para veiculação em matutinos da capital. Seria uma companhia já que viajava sempre só e, eu próprio, dirigia o veículo. Poucas pessoas me conheciam pessoalmente, embora filho da terra e seu representante no Congresso por tanto tempo pouco permaneci na cidade no decorrer daqueles 56 anos.

Eu conhecia o Baiô e D. Maria mas o filho deles, embora com o faro privilegiado de repórter, pouco sabia de mim. Perguntas e respostas se seguiram enquanto os quilômetros passavam. Ezequias emoldurava o retrato do político amadurecido e experiente enquanto eu avaliava o potencial do meu interlocutor. Rememorei a minha primeira viagem e as oportunidades que a vida me oferecera e conclui que o jovem conterrâneo merecia e haveria de ter sua oportunidade. Acreditei e apostei minhas fichas no seu futuro. 

Alguns dias depois voltamos a nos encontrar e, menos formais, continuamos as conversas. O repórter ávido por descobrir mais, eu, reconhecendo o seu potencial, buscando conhecimentos que me ajudassem a recuperar o tempo perdido pela longa ausência. Num outro momento colhi algumas informações sobre o panorama político. Se apercebendo das minhas intenções o jornalista me delineou, com isenção, obstáculos a transpor ressaltando apoiamentos que eu não conseguiria. Impressionado com a sensibilidade e argúcia do jornalista, sem vícios e saturado de idealismo, percebi a importância de conquistar a sua amizade. Combinamos uma visita ao cafundó. Debaixo de uma mangueira secular e naquele terreiro, não encontrei apenas os pais, tios, irmãos e amigo de Ezequias, mergulhei num ambiente familiar saudável deparei comigo mesmo no Coelho Neto da minha infância. O bucolismo do entardecer no campo, o martelar do ferreiro na quebrada do morro distante. Encantado com tudo aquilo, assisti apresentações artísticas de cada parente ou amigo. Um sarau maravilhoso que me transportou ao tempo do Duque, quando filhos tomavam a benção aos pais e aos mais velhos, época em que respeitava-se às mulheres e um fio de bigode valia mais que documento lavrado em cartório com testemunhas e firma reconhecida. 

Um infarto privou-me do tão sonhado convívio com os conterrâneos. Hoje, à distância, aplaudo o empenho deste trabalhador incansável por um jornalismo ético e responsável. Já pontificou na mídia moderna, ocupou espaço e respeito dos confrades maranhenses. A batalha diária, pela própria sobrevivência e sustento digno da família ainda não lhe permitiu voos mais longos, mas a tenacidade e competência ainda lhe abrirão portas e oportunidades para projetar, bem alto, o nome de Coelho Neto. É escrever e aguardar testemunharemos, com orgulho, a potencialidade que Ezequias herdou daquela valorosa gente do CAFUNDÓ.

Autor: Dr. Magno Bacelar.