quarta-feira, 22 de julho de 2020

Veja e tire suas conclusões.

Tenho dito: Se tivéssemos uma justiça mais célere neste país a TURMA DA CORRUPÇÃO de Coelho Neto já estaria toda na cadeia.

Mas pelo visto acharam pouco o que, segundo a justiça, roubaram da população e querem mais!






terça-feira, 21 de julho de 2020

Coelho Neto tem: Centro de Atendimento para Enfrentamento à Covid-19

O Centro de Atendimento para Enfrentamento à Covid-19, implementado em maio, foi implantado para testagem de pacientes notificados. Após consulta médica, os remédios são receitados, e o paciente sai com com a medicação em mãos. Também são entregues kits de higiene, contendo álcool em gel, sabão e máscara, para os que apresentam teste positivo de acordo com a quantidade de membros da família.

Essa importante iniciativa tem contribuído sobremaneira para a testagem em massa. São em torno de 40 a 50 testes diários, iniciativa que contribui para o controle e tratamento dos casos confirmados. Os bons resultados já estão estão sendo colhidos, já são mais de 1.000 recuperados.
Todavia, contribua com a equipe de linha de frente do combate à Covid-19. Evite a exposição desnecessária ao vírus, só saia de casa se necessário, use sempre máscara ao sair e mantenha o distanciamento de até 2m de demais pessoas.

Nossos agradecimentos à equipe de enfrentamento à Covid-19, pelo empenho em cuidar de vidas!❤️ @ Coelho Neto, Maranhao, Brazil.

Fonte: Prefeitura de Coelho Neto.

terça-feira, 14 de julho de 2020

O perigo das redes sociais.

Aos desavisados, não custa lembrar que redes sociais não é terra sem lei. Somos responsáveis por aquilo que publicamos.

A Democracia que nos permite dizer o que nos vem à cabeça é a mesma que dar a alguém, que venha a se sentir ofendido com aquilo que postamos, o direito de buscar as vias judiciais, afim de reparar eventuais danos sofridos. Aí quem vai decidir é a justiça. É assim que funciona!

O que se tem visto Brasil afora são figuras agindo como leões na hora de proferir ofensas e como cordeirinhos "inocentes" quando a justiça bate à porta. Veja o (mau) exemplo da Sara Winter, antes e depois.

Somos livres para dizermos aquilo que pensamos, mas cabe a cada um de nós fazê-lo de forma a não nos prejudicar.

Eu, como blogueiro, tenho feito ao longo de alguns anos, críticas bastante duras contra políticos de nossa cidade, mas até hoje nunca respondi a um processo sequer por conta disso, o que demonstra que é perfeitamente possível discordar e criticar sem infringir a lei.

SINTASP PROTOCOLA AÇÃO CONTRA O BRADESCO DEVIDO DESCONTOS DE CONSIGNADOS.


Na segunda-feira (13/07), o Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal da Microrregião de Coelho Neto, SINTASP/MCN, protocolou junto ao Tribunal de Justiça do Maranhão, na 1º Vara da Comarca de Coelho Neto, um processo de direito processual civil de trabalho em medida de urgência contra o banco do Bradesco, devido o não cumprimento da lei estadual 11.274 de 04 de julho de 2020. 

A ação cobra da instituição Bradesco que devolva os valores descontados dos servidores e que cumpra com o não desconto por 90 dias, como determina a lei. 

Tanto a prefeitura de Coelho Neto, quanto o banco do Brasil, não fizeram os descontos, mas os servidores conveniados ao banco do Bradesco tiveram descontos efetuados em seus pagamentos. 

O Sintasp buscando garantir os direitos dos servidores públicos municipais.

Sindicato forte, é Servidor unido!

Fonte: Blog do SINTASP/MCN

sexta-feira, 10 de julho de 2020

Atenção, servidores municipais de Coelho Neto!


PREFEITURA DE COELHO NETO INJETA MAIS DE 5 MILHÕES DE REAIS NA ECONOMIA LOCAL COM PAGAMENTO DO MÊS DE JUNHO E TERÇO DE FÉRIAS.

Compromisso e responsabilidade.


A Prefeitura Municipal Coelho Neto segue cumprindo com o pagamento integral de todos os servidores municipais efetivos, comissionados, contratados, aposentados e pensionistas, rigorosamente em dia, mesmo a lei permitindo que os pagamentos sejam feitos até o 5º dia útil do mês subsequente ao trabalhado.

Neste período de pandemia, a Prefeitura tem pago os proventos de forma escalonada, evitando assim, a aglomeração de servidores nas agências bancárias.

Com a folha de pagamento, referente ao mês de junho de 2020, foram injetados na economia local R$ 5.600.054,12 (cinco milhões, seiscentos mil e cinquenta e quatro reais e doze centavos) incluindo o pagamento do terço de férias.

“Estamos atuando sempre com planejamento e responsabilidade, mantendo o compromisso com os servidores e com a população sempre depositando os salários dentro do mês trabalhado, o que permite com que o dinheiro circule e faça a economia do município girar”, destacou o secretário municipal de Planejamento, Administração e Finanças, Domingos Leal.

Prefeito de Coelho Neto homenageia vítimas da Covid-19






"É com o coração cheio de esperança e a certeza de que juntos venceremos este difícil momento de pandemia, que compartilho com todos este vídeo da homenagem especial às vítimas da COVID-19, na solenidade de entrega do novo Hospital Municipal e Maternidade de Coelho Neto Dr. Luiz Gregório Nogueira.

Meus sinceros sentimentos às famílias que perderam seus entes queridos.

Na certeza de que tão logo tudo voltará a normalidade, peço a todos que continuemos firmes, unidos e solidários ao próximo".

( Américo de Sousa)

quarta-feira, 8 de julho de 2020

Veja o que foi flexibilizado pela Prefeitura de Coelho Neto.








⚠️Todos os protocolos acordados nas Portarias devem ser cumpridos. O descumprimento das normas sanitárias estão sujeitos à suspensão, cassação do Alvará, interdição da atividade comercial, aplicação de multa, bem como sanção penal de acordo com o Art. 268 do Código Penal.⚠️
Confira o texto, na íntegra, no Diário Oficial da Prefeitura de Coelho Neto, no link abaixo!👇
https://bit.ly/3fci710

segunda-feira, 6 de julho de 2020

Com estrutura de Hospital de grandes centros, novo Hospital Municipal de Coelho Neto transforma o município em referência em média complexidade na região.

Solenidade de entrega do novo Hospital Municipal e Maternidade de Coelho Neto - Dr. Luiz  Gregório Nogueira (03/07/2020)
Uma das obras mais importantes dos últimos tempos no município e o principal motivo  dos chiliques da oposição local atualmente, o Hospital Municipal e Maternidade de Coelho Neto Dr. Luiz Gregório Nogueira, somado a outras ações da gestão do prefeito Américo de Sousa, na área da saúde, coloca o município como referência em média complexidade na região Leste Maranhense, o que não é pouca coisa, se considerarmos as condições de sucateamento em que Américo recebeu a saúde municipal. 

Com recursos próprios, o órgão foi totalmente revitalizado, climatizado, modernizado, ampliado, possuindo ao todo 100 leitos, divididos em: Clínica médica (46 leitos), Isolamento (03 leitos), Clínica pediátrica (09 leitos), Clínica cirúrgica (06 leitos), Clínica obstétrica (21 leitos), Pré-parto, Parto, Pós-parto (PPP) (05 leitos), Urgência/Emergência (10 leitos).
Os adversários da população tentam, em vão, tirar os créditos do prefeito atual pela reconstrução do referido hospital, alegando que o mesmo teria prometido construir e não reconstruir.


Antes era assim

Para a população o que de fato importa é ter um hospital decente, moderno, equipado e com médicos, evidentemente. E tudo isso o gestor municipal está entregando com a reconstrução do novo Hospital Municipal.

Sendo assim, a construção em si de um novo hospital serviria mais para satisfação pessoal de Américo e de seu grupo político. Ou seja, seriam mais gastos para oferecer o mesmo, em termos de estrutura e serviços, que o novo Hospital Municipal está oferecendo.
Poltronas confortáveis substituíram as velhas cadeiras de plástico e de ferro. 
Antes essas eram as acomodações para os acompanhantes.

Sem falar que, se Américo não tivesse arregaçado as mangas para dar fim à situação de abandono daquele local, o mesmo poderia se tornar   mais um Ivan Ruy da vida, esquecido e abandonado, servindo apenas como ponit de prostituição e consumo de drogas.
Hospital Ivan Ruy
Nesse sentido, o prefeito atual agiu com inteligência e pensando na população e não no próprio ego. 

No mais, a turma da oposição vai falar mal de qualquer jeito. Um exemplo é esse agora do hospital, onde a população ficou feliz em recebê-lo e os oposicionistas não. Isso só prova que não querem o bem do povo, mas o próprio.

No tempo da roubalheira, do abandono administrativo a população estava triste e desassistida e a maiorias deles estavam felizes porque colhiam os frutos do que era surrupiado do povo. 

Felizmente o jogo virou!

Quem quiser comer lagosta com cerveja na Litorânea ao lado do boy e morar em mansão alugada na Ilha, que tire do próprio bolso!

sexta-feira, 3 de julho de 2020

O dia em que o desespero da oposição de Coelho Neto transformou uma banheira em piscina.

Tivemos uma sexta-feira daquelas em Coelho Neto. De um lado o Prefeito Américo, mais uma vez fazendo história ao entregar para a população do município o novo Hospital Municipal, com estrutura de hospital particular, diga-se de passagem.
Parte da fachada do novo Hospital Municipal.
Do outro lado, a oposição demonstrando destempero, desespero, batendo cabeça e passando vergonha. 

Teve blogueiro fazendo e desmanchando postagem, no afã de querer imputar irregularidade ao governo do Prefeito Américo. Me refiro à banheira que integrará o Centro de Parto Humanizado do novo Hospital Municipal, que o dito blogueiro  confundiu com uma piscina. Não vou nem falar que teve gente comemorando uma suposta derrota do governo na justiça. Só a vergonha da "piscina" tá de bom tamanho. 
 
A banheira que a oposição transformou em piscina.
Os outros das "lives" não se contentaram em passar vergonha em casa e foram passá-la ao vivo, na cerimonia de entrega do hospital. Se achando mais que manga fora da época. Mas quem chegou perto das "estrelas" sentiu no ar os sinais de uma suposta falta de banho. 

O certo é que o Prefeito Américo conseguiu gerar todo esse incômodo na oposição ao entregar uma das obras mais importantes dos últimos tempos no município. Quem viu o estado de abandono o qual a turma da corrupção deixou aquele hospital e olha para como está agora sabe que mudou da água para o vinho. 

Resumindo, o desespero da oposição nada mais é que um atestado da grandiosidade e importância daquela obra.

sábado, 27 de junho de 2020

Prefeitura de Coelho Neto atinge a marca de 18 mil cestas básicas distribuídas a famílias em situação de vulnerabilidade social desde o início da pandemia.

A Prefeitura de Coelho Neto segue realizando ações de enfrentamento à Covid-19. Já foram entregues 11.500 cestas básicas. Hoje, 27/06, sábado, aconteceu a entrega de mais 6.500 cestas básicas para as famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica, a seleção das famílias ocorreu por meio do Cadastro Único. Totalizando assim 18.000 mil cestas básicas entregues à população.
A distribuição aconteceu no horário das 14h às 18h, contemplando 7 polos, que foram distribuídos em 8 escolas municipais, abrangendo assim todos os bairros da cidade. A entrega ocorreu atendendo todas as normas sanitárias e de distanciamento social.
Fonte: Prefeitura de Coelho Neto.

segunda-feira, 15 de junho de 2020

Nota de pesar.

Arquivos Nota de Pesar - Unifametro - Centro Universitário Fametro
O Senhor Francisco de Assis Ribeiro da Costa Filho(Duduzinho) vem por meio desse veículo de comunicação manifestar sentimentos de pesar pelo falecimento do Senhor Antônio Pereira da Silva (mais conhecido como Antônio Relojoeiro)

À família enlutada as mais sinceras condolências pela inestimável perda.

PREFEITURA DE COELHO NETO BAIXA DECRETO QUE REITERA ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA E DISPÕE SOBRE NOVAS REGRAS DE FUNCIONAMENTO DAS ATVIDADES ECONÔMICAS.

A imagem pode conter: texto que diz "c PREFEITURA COELHO DE NETO CONSTRUINDO A CIDADE QUE QUEREMOS"
DECRETO Nº 495/2020 (Diário Oficial do Município)

REITERA O ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA NO ÂMBITO DO MUNICÍPIO DE COELHO NETO/MA PARA FINS DE PREVENÇÃO E ENFRENTAMENTO À COVID-19 E DISPÕE SOBRE AS NOVAS REGRAS DE FUNCIONAMENTO DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS EM CONSONÂNCIA COM AS MEDIDAS SANITÁRIAS DESTINADAS À CONTENÇÃO DO CORONAVÍRUS (SARSCoV-2) NO MUNICÍPIO DE COELHO NETO/MA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

O PREFEITO MUNICIPAL DE COELHO NETO, ESTADO MARANHÃO, no uso de suas atribuições legais com fulcro no art. 81, Inciso IV da Lei Orgânica do Município.

CONSIDERANDO que, por meio da Portaria nº 188, de 03 de fevereiro de 2020, o Ministério da Saúde declarou Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional, em decorrência da Infecção Humana pelo novo Coronavírus, o que exige esforço conjunto de todo o Sistema Único de Saúde para identificação da etiologia dessas ocorrências, bem a adoção de medidas proporcionais e restritas aos riscos;

CONSIDERANDO que a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou, em 11 de março do corrente ano, o estado de pandemia de COVID-19;

CONSIDERANDO que, em razão do Poder de Polícia, a Administração Pública pode condicionar e restringiro exercício de liberdades individuais, com vistas a ajustá-los aos interesses coletivos e ao bem-estar social da comunidade, em especial para garantir o direito à saúde e a redução do risco de doença e de outros agravos;

CONSIDERANDO que, neste momento, ainda permanece crescente número de casos confirmados da COVID-19 (inclusive com óbitos); contudo, sem comprometimento de leitos em hospitais de referência no município e regionais, mas com permanente preocupação com a baixa adesão voluntária por parte da população ao isolamento social;

CONSIDERANDO o Decreto do Estado do Maranhão nº 35.831, de 20 de maio de 2020, que em seu art. 13, inciso I dispõe que tendo em vista as peculiaridades locais, os indicadores epidemiológicos em cada município e a oferta de serviços de saúde efetivamente disponível os Prefeitos Municipais poderão decretar medidas mais rígidas do que as constantes neste Decreto, podendo chegar ao nível mais alto de restrições, conhecido como Lockdown (bloqueio total);

CONSIDERANDO a Portaria do Governo Estadual n º 034, de 28 de maio de 2020 e Portaria do Governo Estadual nº 038/10, de 10 de junho de 2020, que em seu Art. 1° § 2º, Art. 2º e 3º estabelece o protocolo para funcionamento de instituições religiosas, tendo o município a prerrogativa e faculdade de regulamentar regramento;

CONSIDERANDO o Decreto municipal nº 459 de 04 de maio de 2020, que declara estado de calamidade pública no âmbito municipal.

DECRETA:

Art. 1º -Fica reiterado o estado de calamidade pública em todo o território do Município de Coelho Neto/MA para fins de prevenção e enfrentamento à COVID-19, declarado por meio do Decreto Municipal nº 459, de 04 de maio de 2020, reconhecido pela Assembleia Legislativa por meio do Decreto Legislativo nº 547, de 02 de junho de 2020.

Art. 2º -Ficam mantidas todas as medidas e restrições constantes no Decreto Municipal nº 430, de 21 de março de 2020, no Decreto Municipal nº 431, de 27 de março de 2020, no Decreto Municipal nº 442, de 13 de abril de 2020, no Decreto Municipal nº 460, de 04 de maio de 2020 e no Decreto Municipal nº 477, de 24 de maio de 2020, acrescido e excetuando o que dispõe o presente ato.
Art. 3º -Para o Município de Coelho Neto/MA, nos termos disposto no artigo 7º do Decreto Municipal nº 460, de 04 de maio de 2020, ficam estabelecidas as seguintes regras que vigorarão até o dia 06 de julho de 2020.

§1º-As barreiras sanitárias no controle do fluxo de veículos motorizados, localizadas na entrada esaída do território do município de Coelho Neto/MA, face ao exposto no Decreto Municipal nº 460, de 04 de maio de 2020, em seus art.(s) 4º e 7º, ficam autorizadas a reter veículos e deixá-los sob guarda da Polícia Militar, com deslocamento sob escolta policial para o pátio do quartel, cargas de bebidas alcoólicas, estando o condutor e/ou proprietário da carga e do veículo, sujeitos a punição estabelecidas no art. 268 do Código Penal Brasileiro.

Art. 4º-Ficaregulamentado pelo presente decreto municipal que estabelecimentos comerciais que incidam em flagrante desrespeito às normas sanitárias e protocolos, doravante, depois de advertidos, no caso de reincidência, estarão sujeitos à suspensão, cassação de alvará, concomitantemente, com aplicação de multa, com base na lei que regulamenta o Código Tributário Municipal, bem como a sanção penal aplicada ao caso, de acordo com o disposto no art. 268, do Código Penal Brasileiro.

Art. 5º -Fica vedado todo e qualquer trânsito em vias públicas ou em locais de grande aglomeração, públicos ou privados, sem o uso de máscaras de proteção, descartáveis, caseiras ou reutilizáveis, conforme determinado pelas leis sanitárias e decretos municipais, podendo o servidor sanitário requisitar reforço da Polícia Militar, para casos necessários de condição de condução coercitiva, levar até a presença da autoridade policial civil o infrator, para lavrar Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), sem prejuízo de sanção penal aplicada ao caso, de acordo com o disposto no art. 268, do Código Penal Brasileiro.

Art. 6º-Fica estabelecido que das 22h00min às 04h00min do dia subsequente, no período de vigência deste decreto, limite de horário para circulação de pessoas e veículos no territóriodo município, excetuando-se prestadores de serviços de segurança, saúde e eventuais moradores da cidade que estejam em trânsito. No caso de adentrar a cidade em horário restrito, receberão pelas respectivas barreiras sanitárias, autorização por escrito para deslocamento até sua(s) residência (s).

Art. 7º-Fica restrito a três pessoas, conforme protocolo estabelecido pela OMS e ministério da saúde, em cumprimento ao distanciamento social, ocupação de passageiros em veículos motorizados, sendo obrigatório para todos ocupantes o uso de máscaras.Art. 8º -Fica disciplinado o funcionamento das atividades comerciais no âmbito do Município de Coelho Neto/MA da seguinte forma:

I -Fica limitada a presença, em recintos comerciais essenciais, de um número mínimo depessoas que permita a obediência de distanciamento social, com formação de filas devidamente disciplinada, se for o caso, para adentrar ao estabelecimento. Especificamente para supermercados, a restrição fica convencionada para no máximo 10 consumidores por vez.

II -Fica proibida a comercialização de bebidas alcoólicas em todos e quaisquer estabelecimentos situados no Município de Coelho Neto/MA, incluindo supermercados e mercearias, com a desobediência estando sujeita a apreensão das mercadorias e sanções previstas na legislação vigente.

III -Fica proibida a comercialização na modalidade Drive-Thru, por parte de atividades não essenciais, excetuando-se para as lanchonetes, sorveterias, pizzarias e congêneres, com a desobediência estando sujeita a apreensão das mercadorias e sanções previstas na legislação vigente.

IV -Excepcionalmente para panificadoras e padarias, o horário de funcionamento das atividades comerciais fica estabelecido no período matutino de 06h00min as 10h00min, e no período da vespertino/noturno de 15h00min as 20h00min.

V -Excepcionalmente para lanchonetes, sorveterias, pizzarias e congêneres, o horário de funcionamento das atividades comerciais fica estabelecido das 15h00min às 22h00min.
VI -Fica permitido o exercício da atividade comercial por parte de vendedores autônomos, ambulantes e camelôs, respeitado o devido distanciamento social de dois metros entre vendedor e cliente.

VII -Fica permitido o exercício da atividade comercial por parte de micro empresas familiares no limite máximo de duas pessoas por estabelecimento na condição de vendedores, respeitado o devido distanciamento social de dois metros com o cliente.

VIII -Fica permitido o exercício da atividade comercial não essencial das lojas de departamento na modalidade delivery.

IX –Fica permitido o exercício do recebimento de parcelas devidas por parte de clientela das atividades não essenciais, respeitado o devido distanciamento social, seja em ambiente interno do estabelecimento, assim como externo, observando os protocolos sanitários, que são de sua total responsabilidade.

§1º -Fica estabelecido o horário das 07h00min às 14h00min para o funcionamento das atividades comerciais e serviços essenciais, conforme art. 3º, III, do Decreto Municipal nº 460/2020 no Município de Coelho Neto/MA, bem como para as atividades e serviços não essenciaisautorizados a funcionar, excetuando-se comércios e prestadores de serviços de saúde, bancários, funerário, farmácias, água, gás de cozinha e demais combustíveis, panificadoras e/ou padarias, lanchonetes, sorveteria, pizzarias e congêneres, sendo estes últimos com horários estabelecidos conforme incisos IV e V do presente artigo.

§2º -Os estabelecimentos autorizados a funcionar, além das medidas sanitárias em vigor deverão observar o disposto na Portaria do Secretário Municipal de Governo e Articulação Política. Art. 9º-As mesmas medidas e penalidades estabelecidas pelo presente decreto, conforme art. 3º, §1º, se aplicarão à infratores que forem pegos em flagrante delito por blitz ou autoridades sanitárias no exercício de sua função.

Art. 10 -As medidas determinadas pelo presente decreto entrarão em vigor, a partir do dia 15 de junho de 2020, sem prejuízo do disposto e determinado no Decreto Municipal nº 430, de 21 de março de 2020, no Decreto Municipal nº 431, de 27 de março de 2020, no Decreto Municipal nº 442, de 13 de abril de 2020, no Decreto Municipal nº 460, de 04 de maio de 2020 e no Decreto Municipal nº 477, de 24 de maio de 2020.

Art. 11 -O descumprimento das medidas previstas neste decreto enseja a aplicação da sanção prevista no art. 268 do Código Penal, após o devido processo legal, bem como as demais penalidades na forma da Lei Complementar do Estado do Maranhão nº 039, de 15 de dezembro de 1998.

Art. 12 -As medidas e prazos previstos neste Decreto poderão ser reavaliados a qualquer momento, de acordo com a situação epidemiológica do Município, por ato do Chefe do Poder Executivo.

Art. 13 -Revogam-se as disposições em contrário.

Art. 14 -Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE COELHO NETO, ESTADO DO MARANHÃO, EM 14 DE JUNHO DE 2020.

Américo de Sousa dos Santos
Prefeito Municipal