segunda-feira, 28 de setembro de 2015

A rapidinha do dia com Macaco Pensador


Desespero de fim de governo ruim.

Mas eita "mininu" "cheio de moral" para reclamar de governo dos outros. A corrupção melando seus sapatos de marcas, no lamaçal de corrupção que se instalou no governo de seu pai e a figura ainda acha que tem moral para cobrar alguma coisa de algum governo. 

Como diz gente por aí: Seria cômico se não fosse trágico.

As obras inacabadas do prefeito Soliney Silva: A UPA

                                 A obra se arrasta há mais de um ano e oito meses.


Dando continuidade à série AS OBRAS INACABADAS DO PREFEITO SOLINEY SILVA vamos falar de mais uma delas, a UPA. Essa é mais uma das obras inacabadas do prefeito Soliney Silva, que embora o município já tenha recebido exatos 1. 980.000,00 (Um milhão novecentos e oitenta mil) em repasses do governo Dilma não conseguiu até o momento concluí-la. Como pudemos constatar acessando o Portal da Transparência do Governo Federal, falta de recursos não foi.

A julgar pelas informações contidas na placa  a seguir, já veio mais dinheiro do que o valor total da obra. Mas sabe-se que ainda resta ser repassado 10%, pois na verdade, o valor total dessa obra está estimado em mais de 2 milhões de reais. Os 10% que faltam são para a compra de mobiliário, climatização e equipamentos e só serão liberados depois que a obra for concluída, por motivos óbvios, imagino.



Ano passado, mais precisamente dia 19 de setembro de 2014. Há mais de um ano, portanto, o prefeito Soliney Silva, em plena campanha eleitoral, esteve no local acompanhado de vários secretários municipais de governo e uma frota de cabos eleitorais realizando uma suposta vistoria, mas de concreto mesmo, até hoje nada. A obra segue sem proporcionar para a população os benefícios prometidos pelo prefeito nos palanques. Se bem que esses benefícios que ele costuma prometer nunca aparecem mesmo. Foi assim com o Centro de Imagem, mas essa é uma outra história de fracasso administrativo desse governo que, a cada dia que passa se encaminha para seu último suspiro.  Amém!

Confira a seguir os repasses feitos pelo governo Dilma, de acordo com o Portal da Transparência do Governo Federal.




domingo, 27 de setembro de 2015

Primeira dama de Coelho Neto discute com apresentador da TV Record.


Fim de governo costuma deixar os nervos de alguns governantes à flor da pele, pois  pode acabar proporcionado momentos adversos e, por vez, desagradáveis. Como o que foi relatado pelo Blog do Gilson Vieira  que noticiou uma discussão ocorrida via rede social entre o repórter e apresentador da TV Record de Caxias, Wendel Oliveira e a primeira dama do município de Coelho Neto, Mara Suely.

Esta sentindo-se incomodada com uma crítica feita pelo apresentador a respeito da fracassada gestão do esposo, acabou proferindo palavras nada amistosas. Incompatíveis com o status social que ocupa na cidade.

Procurado pelo Blog do João de Sousa, na tarde deste domingo (27) para falar sobre o assunto, Wendel Oliveira disse lamentar a falta de gentileza da primeira dama e classificou a atitude da mesma como infantil. Disse ainda esperar que ela aprenda a controlar suas emoções, visto que governo algum está imune a críticas.

Não pudemos deixar de observar que durante a “conversa” ela acabou fazendo referência a suicídio, quando diz: “Cuidado pra não se enforcarem.” Aqui vale ressaltar que, Coelho Neto já tem registrado vários casos de mortes por suicídio e a maioria dos casos ocorreu justamente por enforcamento. Diria que a senhora primeira dama foi bastante infeliz nessa parte da "conversa".

No mais, ela tem certa razão quando fala sobre pessoas doentes. Estão mesmo, mas é pela incompetência administrativa de seu esposo enquanto prefeito, pelo péssimo serviço de saúde que ele tem oferecido à população de Coelho Neto ao longo desses sete anos de governo.

A discussão acalorada entre os dois teve repercussão negativa para Mara Suely, que acabou se expondo publicamente sem necessidade.






terça-feira, 22 de setembro de 2015

A imagem do dia: Uma visita de cortesia


Quem esteve na tarde desta terça-feira (22) fazendo uma visita de cortesia ao presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Dr. Humberto Coutinho, foi o líder político Américo de Sousa do município de Coelho Neto.

Na ocasião, Américo aproveitou a oportunidade para tratar de assuntos de interesse da população de sua cidade e, é claro, falar de política estadual e local.

Américo estava acompanhado de seu advogado e amigo pessoal, Dr. Walkmar Neto, que também é amigo de Dr. Humberto Coutinho.


Vereador Cará volta a fazer ameaças contra Osmar Aguiar durante sessão da Câmara.

                                                                   Vereador Cará

Os debates acalorados no Poder Legislativo de Coelho Neto produziram mais um registo de ocorrência na Delegacia de Polícia local.

O fato que acabou gerando o novo Boletim de Ocorrência aconteceu na noite desta segunda-feira (21) entre os vereador governista Cará e Osmar Aguiar, vereador da oposição.

Durante os debates o vereador Cará teria se irritado e partido pra cima do vereador da oposição tendo que ser contido por um outro colega da base do governo.

Com esta já é a segunda vez que o vereador da base do governo perde a compostura contra Osmar Aguiar.

A pergunta que fica é: Será que o irritado vereador terá condições emocionais e psicológicas para suportar as pressões e cobranças que estão sendo feitas contra o governo municipal por conta da inúmeras irregularidades detectadas até o momento e que inclusive acabou culminando no pedido de CPI das obras inacabadas?

Acredito que a capacidade para a exaustiva busca pelo diálogo é algo que não deve faltar em que se dispõe a ser um represente do povo.

De qualquer forma, o vereador em questão com mais esse episódio, se torna reincidente, visto que esse é o segundo Boletim de Ocorrência registrado contra ele pela mesma pessoa e pelos mesmos motivos, ameaças.

O que a população espera dele, assim como dos demais vereadores daquela casa, é que cumpra a função para a qual foi eleito. Brigas e desentendimentos não irão resolver os problemas do caos administrativo e da corrupção que assola a atual administração do município.

A bem da verdade, parte da população de Coelho Neto já tem “um pé atrás” com o vereador Cará. Nas rodas de conversas, o vereador tem fama de homem valente, apesar do jeito e fala mansa que tem.

Mas isso, ainda que seja verdade, não interessa para a população, tampouco para o exercício da função de vereador.

Olha a compostura, senhores!

Veja o Boletim de Ocorrência registrado pelo vereador Osmar Aguiar na manhã desta segunda-feira.







segunda-feira, 21 de setembro de 2015

As obras inacabadas do prefeito Soliney Silva: As creches.

                                                Creches iniciadas em junho de 2012.

A população do município de Coelho Neto, pela ação do tempo, já deve ter se acostumado com as famigeradas obras inacabadas da “gestão” do prefeito Soliney Silva, que embora alguns meios de comunicação aliados tentem de todas as formas lhe imputar a marca de grande administrador público, até a presente data não conseguiu dizer ao povo a que veio. O cemitério de obras inacabadas está aí, aos olhos de todos. Elas estão por toda parte, “se revirando nos túmulos” do abandono, da ineficiência e da incompetência administrativa, como prova maior.

Se gabar e posar de grande gestor público em apartamento de luxo, diante de pessoas alheias à realidade administrativa de Coelho Neto é fácil. Difícil mesmo é mostrar trabalho na cidade em que administra.

Nesta primeira matéria da série, As obras inacabadas do prefeito Soliney Silva, trataremos de cinco importantes obras, resultante de convênios assinados entre a prefeitura municipal de Coelho Neto e o governo federal para a construção de cinco creches. O referido convênio foi celebrado ainda no ano de 2012 e, embora o governo federal já tenha destinado os recursos em quase sua totalidade, três anos após iniciadas elas se encontram praticamente abandonadas.

A CGU – Controladoria Geral da União, órgão responsável por fiscalizar aplicação de recursos federais, esteve no município em 2014 e verificou diversas irregularidades na execução dessas obras, que na época, se encontravam paralisadas e abandonadas pela empresa contratada pela prefeitura para executar o serviço.

Veja o que diz trechos do Relatório da CGU a respeito desse assunto.





A pergunta é: Que destino levaram os recursos que deveriam ter sido usados para a construção dessas creches? Vale ressaltar que elas foram iniciadas em 2012, ano em que o prefeito buscava sua reeleição à prefeitura da cidade.

Recentemente foram vistos alguns trabalhadores trabalhando em pelo menos quatro dessas creches.  Exatamente naquelas onde o serviço ficou mais atrasado. 

Ainda nos primeiros dias do mês de setembro deste ano realizamos uma visita a essas creches e pudemos observar que novas placas foram colocadas em frente a elas e o que mais nos causou estranheza foi o fato de terem alterado tanto a data de início e término das obras quanto o valor das mesmas, visto que foram iniciadas por volta do mês de junho de 2012 e todas com valores orçados em mais de 1.400.000,00 (Um milhão e quatrocentos mil reais).

                                                   Placa antiga de uma das cinco creches.


                                           Placa nova da mesma creche mostrada acima.

Ao acessar o Portal da Transparência do Governo Federal pudemos observar que falta de recursos não houve para que essas obras se encontrassem do jeito que estão. Confira.



Segundo informações extra oficiais, a prefeitura estaria tentando chegar aos 80% de obra construída para que pudesse ter acesso ao restante dos recursos, visto que, como foram atestadas inúmeras irregularidades na execução, o governo federal teria parado de efetuar os repasses do que restava de recursos para ser repassados. Isso porque, ainda segundo informações, o que já teria sido destinado ao município seria mais que suficiente para que essas obras se encontrassem 80% concluídas, na pior das hipóteses. 

De concreto mesmo só a população que há muito poderia está usufruindo dos benefícios que essas creches podem trazer para o município. 

E olha que a secretaria municipal de educação chegou até a matricular crianças para estudar nessas creches, acredita? Com o passar do tempo, o fato, é claro, virou motivo de gozação.

As imagens do abandono falam por si.

Assembleia de Deus Ministério de Madureira realizará show de prêmios em Coelho Neto.


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Noite tensa na Câmara Municipal de Colho Neto.

A sessão da Câmara de vereadores de Coelho Neto na noite de ontem (17) foi uma das mais agitadas do ano. Contribuiu para isso, o fator mudança de postura política do vereador (suplente) Raimundo Silva, que fez sua primeira aparição no parlamento depois de ter “deixado” a oposição para se aliar ao prefeito Soliney e o fator CPI das obras inacabadas.

Uma grande multidão compareceu para acompanhar os trabalhos do Legislativo e a expectativa maior estava em torno da instalação da CPI. Alguns levaram faixas para protestar contra a moleza do Poder legislativo diante da quantidade de obras que se encontram inacabadas. Algumas desde de 2012, como é o caso das creches.

Chamou atenção o número de pessoas que normalmente não tem por hábito acompanhar as sessões daquela casa, um indicativo de que a CPI já não é mais uma questão de vontade ou falta de vontade de alguns vereadores. No decorrer da sessão foi possível ouvir repetidas vezes gritos de: Quem quer a CPI agora é o povo! Sobretudo, quando algum vereador da base governista resolvia “apontar o dedo" para os dois vereadores que abandonaram a base de apoio do prefeito Soliney.

Foi uma noite de discursos bastante fortes, tanto nas defesas quanto nos ataques.

Houve também apelo dos presentes, através de uma faixa, pelo retorno da vereadora Cristiane Bacelar, que é a titular do mandato que está sendo assumido interinamente por Raimundo Silva.
Quanto a este (Raimundo Silva) a plateia não perdoou.  Houveram gritos pedindo para que abrisse a boca, chamado de vendido. Foi duramente criticado durante toda a sessão. Mas permaneceu calado, sem olhar nos olhos de ninguém e sentado meio que de costas viradas para seus dois ex-colegas de oposição, Osmar Aguiar e Luís Ramos. Vergonha? Dever ter sido.


segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Coelho Neto: Populares vão à Câmara Municipal e reforçam pedido de CPI.


Populares comparecem em peso ao Poder Legislativo na noite desta segunda-feira (14), mas são duplamente decepcionados, primeiro pela falta de quórum, depois pela notícia da lambança política do suplente de vereador Raimundo Silva que resolveu se juntar publicamente ao grupo do prefeito Soliney, com direito a saída de seu partido, o PHS e filiação do PRTB, partido do prefeito.

Muito foram à sessão na esperança de que a CPI das obras abandonadas e paralisadas fosse finalmente ser instalada, mas só restou aos mesmo protestar em frente ao Parlamento e ver para crer nas notícias divulgadas em blogs locais dando conta da “lua de mel” de Raimundo Silva com o grupo de Soliney.

                Populares checando a notícia sobre o vereador que "mudou de lado" 








A lambança política de Raimundo Silva.


Por mais que alguns duvidassem em acreditar, a ida do vereador Raimundo Silva para o grupo do prefeito Soliney já era coisa dada como certa. Veja que eu não falei a saída de Raimundo Silva da oposição, por que na verdade o moço nunca foi da oposição. A começar pelo seu típico posicionamento de político em cima do muro, algo tipo mais pra lá que para cá.

E isso não é de agora. Dizem que o “namoro político” de Raimundo Silva com o grupo do prefeito Soliney teria começado ainda durante a eleição de 2012, quando o mesmo disputava uma vaga de vereador pela oposição. A saída dele do PHS e a sua filiação no PRTB, partido do prefeito, anunciada por blogs ligados ao governo só vem confirmar isso.

Agora que Raimundo Silva fez feio, isso é algo que ninguém pode negar. Ele contou com a benevolência da vereadora Cristiane Bacelar que se licenciou do cargo dando a ele a grande oportunidade assumir a vaga de vereador, uma vez que o mesmo ocupava a primeira suplência.

Com essa lambança política, ele criou uma situação embaraçosa para Cristiane Bacelar que será pressionada pela população a reassumir para o Parlamento Municipal, depois de já ter assumido compromisso profissional junto ao governo estadual.

Na Sessão da Câmara que mais uma vez deixou de ser realizada por falta de quórum, a notícia pegou muita gente de surpresa causando muita indignação entre os presente.

O blog teve acesso a informações sobre o assunto ainda no domingo, mas resolvemos aguardar a confirmação dos fatos para evitar fazer julgamento precipitado. Na manhã desta segunda-feira (13) nos limitamos a informar que movimentações e decepções estariam em curso nos bastidores da política local de Coelho Neto, sem pormenorizar a situação.

Creio que depois dessa fica ainda mais clara a certeza de que alguns ainda não compreenderam a seguinte verdade:

“A vergonha na cara e o caráter de uma pessoa são coisas que não tem preço!”

A julgar pelo que está sendo divulgado na impressa local, temos mais um que veio para envergonhar a classe política jovem. Um pelo menos esperou ganhar o mandato primeiro, mas teve gente que não conseguiu se segurar e fez feio antes mesmo de se eleger.


Parece que para alguns, a falta de vergonha na cara é algo que se compensa com dinheiro!

Coelho Neto: Oposição protocola pedido de CPI na Mesa Diretora do Câmara Municipal.


O vereador da oposição, Osmar Aguiar, representando a bancada oposicionista no Parlamento Municipal, protocolou na manhã desta segunda-feira (14) o pedido de abertura de CPI para investigar irregularidades na utilização dos recursos de convênios firmados entre o governo federal e a prefeitura municipal, onde milhões foram destinados à construção de creches, escolas, sistema de tratamento e abastecimento de água, UBS entre outras, no entanto, todas essas obras estão paralisadas, tendo inclusive Relatórios da Controladoria Geral da União demonstrando várias irregularidades, tais como superfaturamento de materiais, pagamento de serviços não executados e problemas no processo de licitação de várias dessas obras.


Diante do cemitério de obras abandonadas e praticamente abandonadas pela gestão municipal atual, o vereador Osmar Aguiar resolveu mobilizar a bancada da oposição no sentido de assinar um requerimento com pedido de abertura de uma CPI para tentar esclarece a destinação dos recursos desses convênios.

A presidência da casa deverá se manifestar na sessão de logo mais à noite a espeito do pedido protocolado.


Na sessão de hoje, além da questão do fator CPI, existe o caso de um dos quatro vereadores que assinaram o pedido ter se reunido com o prefeito na manhã do último domingo (10), o que certamente deverá levar mais uma vez um grande número de populares às galerias daquela casa. Muitos querendo ouvir do próprio vereador, Raimundo Silva, as explicações para ter ido ao escritório do prefeito Soliney se reunir com ele.

Bastidores da política local de Coelho Neto.


A julgar pelos fatos, boatos e reuniões de bastidores da política local de Coelho Neto, os próximos dias serão de grandes movimentações e até mesmo decepção para pessoas que acreditaram que algumas figuras do meio político no município viriam para fazer a diferença. Figuras para as quais o que até pouco tempo atrás era ruim na gestão de Soliney Silva, de uma hora para outra passou a ser bom, sem que na verdade nada tenha mudado ou melhorado para a parte mais interessada, o povo.

De uma "simples" reunião política, alguém pode entrar "oposição" e sair governista de carteirinha.

De positivo mesmo deverá ser o fato de que com o afunilamento da caminhada rumo a 2016 ficará mais claro para a população quem realmente é oposição ao desastroso e fracassado modelo de gestão implantado pelo prefeito Soliney Silva. Deve ficar cada vez mais claro quem de fato lutar em defesa da coletividade e quem merece confiança por aqui.

E deverá ser assim, entre fatos e boatos, que as coisas irão se definir na cabeça do eleitorado local que, tem nas mãos a grande responsabilidade de muito em breve decidir politicamente o destino de nossa cidade.


É aguardar e conferir!

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Agora lascou! Secretário municipal de Saúde de Coelho Neto dá piti e rasga ofício de sindicato.

                                                              Secretário municipal de saúde. 


Quando a gente pensa que já viu de tudo na gestão do prefeito Soliney Silva, aparece mais uma novidade, ruim, diga-se de passagem.

Dessa vez, o fato inusitado aconteceu na manhã desta sexta-feira (11) e veio da parte do secretário municipal de saúde do município, Sr. Emerson Ramos. O mesmo num ato de profunda falta de educação, ao receber um ofício do Sindicato dos Servidores Municipais, além de se recusar a proceder o protocolo simplesmente rasgou o documento.

E o que tinha de tão grave nesse ofício que teria despertado tamanha fúria no nobre secretário? Pelo que se sabe, o documento apenas solicitava alguns esclarecimentos relativos ao conselho municipal de saúde e chamava atenção para alguns pontos que estão sendo desrespeitados pela referida secretaria. Nada que justificasse o ato de extrema grosseria praticado pelo Sr. secretário que, embora não seja de educação, deveria tê-la.

Diante dos fatos, a direção da instituição sindical está tomando as providências cabíveis. Uma delas será a de procurar a delegacia de polícia para registar boletim de ocorrência contra a ousadia do rapaz.

Bom seria se o secretário usasse essa ousadia toda para pressionar o prefeito Soliney para que o mesmo lhe desse autonomia de fato para resolver os graves problemas da saúde do município. Que ele usasse essa ousadia para fazer com que as pessoas pudessem realizar seus exames e cirurgias sem ter que esperar meses e que essas pessoas não se sentissem obrigadas a meter a mão no bolso para pagar clínicas ou hospitais particulares.

Dizer ao nobre secretário que: Rasgar ofício de sindicato é para os fracos. Quero ver é se tem competência para resolver os problemas da falta de saúde, da falta de medicamentos, da falta de realização de exames no município e oferecer um serviço de saúde municipal de qualidade.

Nem precisa chegar aos "1.000%" do prefeito Soliney Silva. Basta que seja de boa qualidade.

Tenha mais educação!

A população de Coelho Neto agradece!!!

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Coelho Neto: Oposição consegue assinaturas suficientes para instalação de CPI.


Com as galerias da Câmara Municipal totalmente lotadas, o vereador Osmar Aguiar ao fazer uso da Tribuna na sessão desta quinta-feira (10) anunciou para alegria geral do público, que a oposição já teria conseguido a quantidade de assinaturas necessárias para a instalação da tão falada CPI, cujo objetivo é investigar irregularidades na aplicação de recursos de convênios do governo federal com o município.

Existe um verdadeiro canteiro de obras paralisadas no município, onde o governo federal já destinou grande quantidade de recursos e mesmo assim essas obras se encontram paralisadas e inacabadas. E a CPI, se instalada for, deverá tentar descobrir o que foi feito do dinheiro que o governo federal destinou ao município para que essas obras fossem construídas.

São cinco creches, algumas escolas, UBS, um sistemas de captação e tratamento de água, uma UPA e alguns tetos de quadras poliesportivas, entre outras.
São milhões que deveriam ter sido empregados nessas obras e que a população não sabe de que forma foram gastos.


Mas pelo visto, conseguir as assinaturas para o pedido de instalação da CPI foi apenas um passo dado pela oposição no Parlamento Municipal. No que depender dos vereadores da base do governo e da presidência daquela casa, o caminho será árduo e, nesse momento, não se tem nenhuma certeza de que a Comissão Parlamentar de Inquérito vá mesmo ser instalada.

Já no final da sessão o presidente do Parlamento informou que quando receber o pedido de instalação irá encaminhá-lo à assessoria da casa para que seja feita uma análise da fundamentação do mesmo para ver se existem elementos suficientes para a instalação da CPI.

Assinaram o requerimento os vereadores: Osmar Aguiar, Luís Ramos, Raimundo do Bradesco e vereadora Lú.

O pedido deverá ser encaminhado à presidência da casa nas próximas horas.

É aguardar e conferir.

Serviço de saúde na gestão de Soliney Silva está à deriva.

Eleito prefeito pela primeira vez em 2008, o prefeito Soliney Silva mostrava se bastante indignado com o serviço de saúde oferecido pelo governo municipal da época, entre outras coisas. Vele ressaltar que na época o município recebia em média três vezes menos recursos em comparação com o que recebe atualmente.

O prefeito foi eleito prometendo grandes melhorias para a população. E isso em todas as áreas da administração municipal. Eram projetos de benfeitorias de encher os olhos até daqueles eleitores mais céticos. De mercado de vidro pra cima tudo foi prometido.

O tempo passou e pouco se viu. (Para não dizer nada). Os problemas só se agravaram no decorrer dos quatro anos.

Chegado o final do primeiro mandato, Soliney, às custas de novas promessas e muito dinheiro gasto conseguiu se reeleger. Mas seu governo não conseguiu avançar nas questões mais urgentes para a população.

Um dos pontos mais críticos do desgoverno do prefeito Soliney Silva é o deficitário serviço de saúde oferecido ao povo.

Pra começar demoliram o prédio do SAMU para a construção do Centro de Imagem. O tal Centro foi construído com a promessa de ser um local ultra moderno onde seriam instalados aparelhos de última geração, e que segundo informações oficiais do governo municipal possibilitaria à população realizar vários tipos de exames.

A promessa era de que ninguém mais do município precisaria se deslocar para Caxias ou Teresina para realizar exames. Tudo seria realizado aqui!

Quem no município não lembra do Pinguelo repetindo isso incansavelmente na televisão a serviço do prefeito em plena campanha eleitoral de reeleição do prefeito?

O que se ouvia era que os aparelhos já estavam todos comprados e que em poucos dias estariam em pleno funcionamento. E o que temos atualmente? O caos instalado na saúde do município, que é municipalizada e que recebe religiosamente os recursos do governo federal para, em tese, cuidar da saúde da população.

Tem de tudo na saúde de Coelho Neto. Menos serviço de qualidade, menos medicamentos suficiente. Quando tem.

Do Centro de Imagem não se ouve mais falar. As tão propagadas melhorias nunca foram vistas por aqui. Dizem até que fechou.

Se alguém precisar realizar alguns tipos de exames, a situação for delicada e não quiser morrer à míngua deve meter a mão no bolso para fazer particular.  Pacientes com suspeita de câncer de mama desesperadas em buscar de recursos para irem à Teresina ou Caxias realizar uma mamografia. Cadê o mamógrafo, prefeito Soliney? O senhor falou tanto dele em sua campanha à reeleição.

Será que o senhor sabe quanto tempo as pessoas estão tendo que esperar para realizar uma cirurgia nos olhos?? O senhor não precisar esperar para se tratar, não é mesmo?

O senhor diz que a saúde de Coelho Neto em sua gestão melhorou 1000% (mil por cento) Se está tão bom por que o senhor e sua família quando tem algum problema de saúde não se tratam aqui no Hospital Municipal, aquele onde chegou uma paciente com muita febre e sentindo calafrio e que segundo informações, deram-lhe um lençol que de tão velho que estava na hora em que a mesma foi se mexer o dito lençol se partiu?

A situação está tão caótica que já houve caso de médico internar alguém para tomar medicação e ter que dá alta ao paciente por que a tal medicação acabou antes do término do tratamento.

Observe na imagem a seguir que nem mesmo a principal via de acesso ao hospital (alugado pelo município) escapa do descaso dessa administração.

Isso sem falar no fato de que algumas pessoas estão buscando o serviço de saúde dos municípios vizinhos. Veja a dimensão do abandono por que passa o serviço de saúde de Coelho Neto. Mas é tão ruim que recentemente inauguraram um hospital particular no município. Se resolveram gastar com esse empreendimento é por que sabem que existe clientela disposta a meter a mão no bolso para pagar consultas, exames e até mesmo cirurgias. A inauguração desse hospital, assim como cada clínica particular que se instala por aqui é um atestado da incompetência administrativa do prefeito Soliney Silva.

Aqui em Coelho Neto a coisa está mais ou menos assim: Ou mete a mão no bolso ou morre à míngua. Essa é a saúde 1000% do governo Soliney Silva.

Lembrando que amanhã (10) estará sendo realizada em Coelho Neto uma conferência municipal de saúde, mas não esperem grande coisa. Certamente haverá muito blá, blá, blá e pouquíssima coisa de concreto. De concreto mesmo só o sofrimento daqueles que precisam utilizar o serviço de saúde público no município, onde falta de tudo, menos dinheiro.    

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Coelho Neto: Moradores indignados com a buraqueira voltam a protestar com judas.

                             Rua Maranhão, Bairro Quiabos. Buraco com mais de dois anos de vida.

Cansados com a situação de abandono por que passa o município e com tantas crateras espalhadas pelas ruas, moradores voltam a protestar colocando judas em buracos para chamar a atenção da gestão municipal.

Os moradores descobriram o poder que esses bonecos têm de incomodar a administração municipal, que para se livrar deles acaba deslocando uma equipe para resolver o problema. E dá um fim no incômodo boneco também.

Eis uma forma educada e bem humorada de protestar e reivindicar.

Olha aí prefeito Soliney, a "buracolância" de que o senhor tanto falava e criticava durante a sua campanha para prefeito do município em 2008. Tome providência, homem! 

Está confirmado. Soliney Silva só comemora aniversário com o povo em ano eleitoral.


A divulgação do cancelamento da programação do aniversário do prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva, feita em blogs ligados ao governo municipal, parece confirmar o que muita gente já comenta nas rodas de conversas no município: O prefeito Soliney Silva só comemora seu aniversário com o povo em ano eleitoral. O evento iria acontecer no próximo dia 8 de setembro.

A justificativa para o cancelamento da tão alardeada festa de aniversário do prefeito seria a antecipação do seu retorno médico, onde segundo informações irá dá sequência a um tratamento de saúde contra uma doença denominada espondilite anquilosante, que lhe acomete os ossos.

Ainda segundo informações divulgadas pelo blog aliado, o médico que cuida do caso irá realizar a manutenção de um aparelho que o prefeito tem instalado na coluna.

E é aí que está o “X” da questão. Sem querer duvidar da justificativa apresentada, mas tão somente com o interesse de entender a situação. Torna-se bastante complicado e de difícil compreensão para muitos, ouvir do próprio prefeito que é portador de tal enfermidade e ao mesmo tempo vê-lo participar de uma procissão religiosa, por exemplo, ora de cadeira de rodas, ora ajudando a carregar um pesadíssimo andor. Isso sem fala que o mesmo já foi visto subindo em trator para fazer pose e subindo de joelhos as longas escadarias de uma capela num povoado do município, poucos dias depois de uma grave crise de saúde que teria culminado em procedimentos cirúrgicos.

             As imagens mostram o prefeito realizando atividades que demandam esforço físico.

Para quem sofre de problemas tão graves na coluna, tal comportamento não poderia agravar o quandro clínico? 

De duas uma: Ou ele não está muito preocupado com isso ou a situação é menos delicada do que tem sido divulgada. 

O certo é que, diante do cancelamento da programação de aniversário anunciada fica a pergunta: Por que o prefeito Soliney Silva só comemora publicamente seu aniversário em ano de eleição??

Essa situação já virou até motivo de gozação na cidade de Coelho Neto. Muitos populares dizem que o prefeito Soliney Silva só aniversaria em ano de eleição.

Pena que agora o povo não vai mais poder ver o show daquela banda que estava "tocando de graça” no Corredor, né?

Ah, e pelo visto a santa das Pimentas também vai ter que esperar o ano que vem.

sábado, 5 de setembro de 2015

Carro de luxo rouba a cena em desfile das escolas em Coelho Neto.


No desfile de 4 de setembro no município de Coelho Neto-MA, que não acontece mais no dia 7 como era antes da quase findada era Soliney. O que roubou a cena na avenida foi um carro de luxo estacionado no percurso destinado à passagem das escolas.

Trata-se de um modelo Hilux SW4 de placa  NWZ com início 6 e final 59.

O veículo de luxo que alguém se deu ao luxo de deixa-lo estacionado no local, impróprio, para aquele momento, irritou bastante a professores e alunos, visto que o mesmo estava atrapalhado o deslocamento e evolução dos pelotões que precisavam fazer um verdadeiro malabarismo e um espreme-espreme sempre que se aproximavam do local para poder seguir em frente.

O certo é que o tal veículo continuou ali até o final do desfile. Obrigando até mesmo ao pelotão da PM, que também participou do encerramento do evento, a dá uma espremidinha para poder passar.

A pergunta que muitos faziam era a seguinte: De quem era veículo e por que alguém o havia estacionado ali, visto que todo o percurso estava interditado para a realização do desfile.


Fica aqui a pergunta que não quer calar: De quem é esse veículo??? 

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Coelho Neto: O caso da falta de carteiras na Escola Municipal Benedito Duarte.


Foi só o blog denunciar a falta de carteiras na Escola Municipal Benedito Duarte para que as providências fossem tomadas. Nas manhã desta terça-feira (1) carteiras sem braço que há meses faziam parte do dia a dia de muitos alunos daquela escola simplesmente desapareceram das salas de aula.

O que não faz uma “pressãozinha” básica, hein?

Pelo visto as imagens de alguns alunos utilizando cadeiras inapropriadas mostradas pelo blog em uma das salas da referida escola incomodou bastante ao povo da SEMEC, pois tão logo o problema veio à torna se apressaram em divulgar nota tentando desqualificar a informação.

E não é que as tais cadeiras sem braços retornaram para a sala dos professores, de onde tinham sido retiradas para “acomodar” alunos durante o primeiro semestre do ano letivo?! 

Pois é...

Para o caso de a Dona Rosário Leal dizer que é mentira. Veja que o blog fez as imagens in loco. 

Observe e compare as cadeiras mostradas na sala de aula com as que foram fotografadas empilhadas na manhã dessa terça-feira (1) na sala dos professores.



Os alunos agradecem!

Viu?  Quando se quer se resolve!