quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Coelho Neto, 120 anos de emancipação política. Parabéns!!

Imagem: CNBambu

Substituição de candidatos: uma fraude anunciada



Já vem acontecendo há anos. O partido escolhe um candidato que sabe de antemão ser inelegível. Depois, com o uso dos muitos recursos previstos em lei, vai estendendo a campanha até a véspera do pleito. Só aí substitui o candidato por outro elegível, normalmente filho ou cônjuge do impedido de concorrer. Tarde demais para a população saber. Na urna eletrônica consta a foto do “ficha suja” que, por conta do abuso de poder econômico, acaba arrebatando os votos. Mas o eleito é uma pessoa que o eleitor não sabia que receberia seu voto.

Essa fraude acontece entre as lacunas da lei e a condescendência da Justiça Eleitoral. Há interpretações aceitas por tribunais regionais eleitorais que vêem nessa conduta evidente abuso de direito, o que impede a aceitação da troca repentina. Os Tribunais Regionais Eleitorais do Piauí e de São Paulo adotaram essa posição, infelizmente afastada pelo TSE.

Recentemente, o Senado da República inseriu no texto da minirreforma eleitoral nova redação para o § 3o do art. 13 da Lei das Eleições. Segundo o texto aprovado no Senado: "Tanto nas eleições majoritárias como nas proporcionais, a substituição só se efetivará se o novo pedido for apresentado até 20 (vinte) dias antes do pleito, exceto em caso de falecimento de candidato, quando a substituição poderá ser efetivada após esse prazo”. Esse prazo poderia ao menos permitir que os eleitores fossem cientificados da substituição.
Escandalosamente, a Câmara dos Deputados retirou da minirreforma o referido dispositivo legal. Assim, a nova lei ficou destituída de qualquer mecanismo de aprimoramento das eleições. Foram adotadas apenas medidas em proveito dos candidatos, visando facilitar a eleição dos atuais ocupantes do Parlamento.
Resta a esperança de que o Senado restitua ao projeto o seu texto original. Como houve modificações ao texto que nasceu na Câmara Alta, são os senadores que terão a palavra final sobre o tema. Esperemos que prevaleça a democracia.



Márlon Reis.

Prefeitura de Chapadinha abrirá 228 Vagas para Concurso em 90 Dias

Do Blog do Alexandre


Em contraste com a estimativa de que a administração municipal tenha em seus quadros mais de 1.200 contratados irregulares em várias secretarias o projeto de lei enviado à câmara nesta quarta-feira (30) prevê abertura de apenas 228 vagas.

Na mensagem que apresenta o projeto aos vereadores a prefeita fez referência aos riscos que corre ao insistir em contratos sem concurso: “a investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação em concurso público de provas e de provas e títulos, a a não observância implica nulidade do ato (de contratação) e punição da autoridade responsável”, reconheceu.

Aspectos da concorrência justa e da estabilidade geradas por um concurso também foram abordadas: “é importante a referida realização, proporcionando maior oportunidade a todos os interessados nas vagas que serão disponibilizadas, sendo uma forma justa e democrática de ingresso nos diversos setores da municipalidade, com estabilidade profissional”, ressaltou a prefeita em ofício à Câmara.

A prefeita Belezinha encerra falando da necessidade da realização do concurso público. “Devido a necessidade de atender a demanda que dispor o Município de Chapadinha, é necessário a realização do referido concurso”, observou a gestora.

O prazo para realização do concurso é – de acordo com o projeto – de 90 dias. O número de vagas é de 228 funcionários que terão acesso a estabilidade de forma justa e democrática e isentarão a prefeita de punição enquanto mais de mil continuarão contratados por critérios desiguais e irregulares e ainda poderão ser demitidos a qualquer momento.


Veja Relação de Vagas Abaixo 



segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Parabéns aos funcionários do povo!!


Rapidinhas com Macaco Pensador


Cadê o dinheiro do povo Salete??

Quem teve que ouvir cobras e lagartos dos professores de Miguel Alves-PI no último sábado (26) foi a prefeita do município, Salete Rego. O encontro nada amistoso entre a mandatária e os profissionais da educação ocorreu durante uma reunião do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa-PNAIC na sede do município onde a mesma teria ido ao local do encontro para saudá-los e desejar boa sorte.

Detalhe: Os professores esperam até hoje o pagamento de dezembro do ano passado, além de décimo terceiro e férias, segundo informações que chegaram ao blog. Diante disso, a turma pagou geral pra cima da prefeita, que até agora não disse a que veio.

Reinaugurando.

Depois de deixar o Estádio Tancredo Neves se transformar em ruínas, o prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva deverá reinaugurá-lo depois de efetuar uma reforma no local. A essa reforma os governistas mais afoitos preferem chamar de “reconstrução”. A novidade mesmo ficará por conta da quadra poliesportiva que o governo federal destinou ao município, o resto é refazer o que deixaram se acabar por negligência administrativa. Pelo menos nesse dia o prefeito deverá ser visto no município, coisa que tem se tornado uma raridade.

A passos de tartaruga manca.

Foi-se o tempo em que o início do calçamento de uma rua ou uma mera reforma numa rua (já calçada) era sinal de alegria para os coelho-netenses. Na gestão do prefeito Soliney isso se transformou em motivo de apreensão e significa transtorno na certa. Um serviço que não deveria durar mais que dois ou três dias, em muitos casos demora mais de mês. Muito tempo para se efetuar um simples “remendo” no calçamento de uma rua. Enquanto isso, os moradores se viram como podem para transitarem pela via obstruída, que às vezes permanece assim por dias, mesmo depois da “obra” concluída.

A turma do bem.

O nosso macaquinho não poderia deixar de destacar aqui o excelente trabalho social que vem realizando os Motoristas Humanitários, grupo formado por motoristas da secretaria municipal de educação de Coelho Neto, com o apoio de alguns colaboradores. O grupo realiza mensalmente a distribuição de cestas básicas para pessoas carentes, na maioria pessoas que residem nos povoados por onde eles trabalham fazendo o transporte escolar. Uma iniciativa totalmente independente e idealizada por eles. O trabalho dos Motoristas Humanitários que começou em Coelho Neto já atravessou fronteiras e chegou ao estado do Piauí.

Sinal de prestígio ou uma forma de humilhar??

Tem gente que até hoje não entendeu os motivos que levaram o prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva levar um certo vereador e família para o seu grupo político, visto a inexpressividade política e discurso frágil do mesmo. O prefeito Soliney não precisa do vereador em questão para nada. Isso é fato. Sempre se elegeu sem que eles estivessem em seu grupo político. Entre os “analistas” políticos locais há os que dizem que com isso o prefeito quis fragilizar o grupo da oposição, não fez falta!(opinião minha). Há uma segunda corrente que ver isso como uma forma de humilhar e desmoralizar (não sei se ainda há espaço para tal) depois dos tantos discursos proferidos contra o seu governo e do ocorrido na campanha de 2008, quando um certo carro de som foi fechado na noite anterior à eleição. O desfecho dessa história o povo de Coelho Neto conhece bem. Coisas da política brasileira.

Bem que tentou, mas não deu.


Depois de muito espernear e especular achando que conseguiria uma vaguinha de vice-governador na oposição ou situação parece que o prefeito de Coelho Neto resolveu se contentar em buscar uma vaga de deputado estadual para o filho.     Nesse sentido a “estrela” de Rosângela Curado deu de goleada em Soliney. Enquanto Curado se via cercada pelos holofotes da mídia maranhense com sua ida para o PDT, o mandatário simplesmente sumiu do noticiário maranhense tendo que se valer de uma legenda buscada de última hora para tentar a eleição do filho. Os ventos mudam, né?

Protesto inusitado em Coelho Neto!


O protesto aconteceu em Coelho Neto-MA. A prefeitura devia o mecânico da auto elétrico Zé Wilson, que foi candidato a vereador em uma das coligações que deu sustentação a reeleição do prefeito Soliney Silva.
nolocal444








A ambulância no local do protesto
Ele já tinha tentado de muitas as formas receber a dívida, mas não tinha conseguido. Um certo dia, levaram a ambulância do SAMU, para ele concertar e Zé Wilson teve a ideia: “se eu prender essa ambulância aqui certamente me pagarão”.
Quando ele ajeitou o carro do SAMU, deu o alarme: “só tiram essa ambulância daqui, depois que a prefeitura mandar me pagar”. Ponderaram com ele lutaram, mas, Wilson foi irredutível. Vendo que o jeito que tinha era pagar, a prefeitura providenciou o pagamento e a ambulância foi liberada.
Se a moda pegar vai acontecer muitos protestos desta forma nem só em Coelho Neto, mais em muitas cidades onde os prefeitos custam pagar.
Zé Wilson é o primeiro suplente; dos vereadores Reginaldo Janse o “Cará”, e do Silas do Louro.
Diante desta triste realidade que para receber o que é de direito um cidadão se ver obrigado a fazer isto; muita duvida fica. Cadê o dinheiro que vem todos os meses do governo federal para a manutenção da viatura do SAMU?

Será que vão dizer que também não estão recebendo esse dinheiro?
Do Portal Leste Maranhense; com informações do Portal Coelho Neto.

Saiba como Roberto Carlos perdeu a sua perna direita




Tudo aconteceu no fatídico dia de São Pedro (29 de junho de 1947), padroeiro da Cidade de Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo, onde Roberto Carlos nasceu. Portanto, era festa na cidade e como toda data comemorativa naquela época, tinha bandas tocando e muita agitação. E, claro, Zunga (apelido de Roberto na infância) não perderia oportunidade de ir prestigiar os festejos.

Fifinha (Eunice Solino) era a melhor amiga do Rei, moravam na mesma rua e costumava ir à escola juntos. Neste dia, ela foi recrutada por Roberto para ver os desfiles que agitavam a cidade.

Naqueles tempos, Cachoeiro era entrecortado por ferrovias e, portanto, era comum acidentes acontecerem. Lá, próximo ao centro, entre a rua e a linha de ferro, encontrava-se as duas crianças. Enquanto aguardavam um desfile escolar, uma professora temeu pela segurança de Zunga e Fifinha, pois elas não perceberam a aproximação de um trem que se aproximava. Mesmo gritando e sinalizando para as crianças saírem dali, a professora correu e puxou a menina, enquanto um assustado Zunga recuou e tropeçou, caindo na linha férrea – ele estava de costas para a ferrovia. Como não dava mais tempo, a professora tentou avisar o maquinista, mas já era tarde demais. A locomotiva avançou e a perna direita de Roberto Carlos ficou presa debaixo do vagão entre as rodas de metal.

Logo, uma multidão se agromerava para ver o que aconteceu. Afinal era dia de festa e provavelmente o socorro demoraria – naqueles tempos poucas pessoas tinham automóveis na cidade. Mesmo assim populares tentaram tirar a perna da criança, o que conseguiram com muito custo. Graças a um rapaz que trabalhava no Banco de Crédito Real, vendo que não dava para esperar a ambulância, ele mesmo estancou a hemorragia com seu paletó de linho branco. Roberto Carlos nunca esqueceu dessa cena e a registrou em uma de suas mais comoventes canções, O Divã: “”Relembro bem a festa, o apito/ e na multidão um grito/ o sangue no linho branco…”.

O mesmo rapaz do “linho branco” chamado Renato Spíndola levou Zunga para o hospital (Santa Casa de Misericórdia). Dizem que a festa perdeu a graça naquele dia. Tudo bem, que era comum acidentes, mas geralmente eram bêbados que se acidentavam, nunca até então acontecera com uma criança – o Zunga da rua da Biquinha.

Roberto Carlos foi atendido pelo médico Romildo Coelho, que se tornara amigo do cantor. O acidente fez com que a perna direita perdesse a sensibilidade, pois fora esmagada arrancando todos os nervos, por isso a criança não chorava muito. Zunga, ao ser atendido, estava muito mais preocupado com os sapatos novos que tinha ganhado para ir a festa do que com a sua perna, a qual ele não tinha noção da gravidade.

Na verdade, Roberto Carlos teve muita sorte, porque era comum nestes casos amputar a perna. Mas o Dr. Romildo era um sujeito moderno e havia lido um artigo médico que dizia que devia-se cortar o mínimo possível os membros acidentados. Portanto, apenas entre o terço médio e o superior da canela foi amputado e um pouco abaixo colocaram uma roda de metal, o que impediu Roberto de perder os movimentos do joelho direito.

Roberto Carlos passou o resto da infância andando de muleta, e apenas aos 15 anos colocaria a primeira prótese, quando já morava no Rio de Janeiro.

No entanto, a foto que circula na internet é uma montagem.
Foram feitas alterações digitais nela. Compare a imagem real com a montagem abaixo.O fotógrafo chama-se Phillipe Lima, a serviço da Ag News.

A foto foi tirada no Teatro Municipal do Rio, onde homenagearam os 50 anos da bossa nova em março de 2008.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Homenagem pela passagem do Dia do Professor


PT não fica sem uma voz no Parlamento coelhonetense, tiram Duruteu, Osmar volta!

Do Portal Leste Maranhense

Foi com estas palavras do titulo da postagem, que os oposicionistas de plantão que frequentam as sessões da Câmara, receberam de forma calorosa o vereador Osmar Aguiar, do PT, na sessão de ontem, 14 de outubro, que retornou depois da queda de seu suplente, Francisco Duruteu em segunda instância.
Vereador Osmar Aguiar é saldado por amigos e correligionários que vive o dia-adia na Câmara. 

Vereador Osmar Aguiar iniciou as suas palavras fazendo para seu pares um relato do seu tratamento e problemas sentido nos dias em que ficou licenciado. Depois agradeceu os parlamentares que durante este tempo lhe prestaram solidariedade.
Após dá informações com riquezas de detalhes de sua cirurgia feita e do problema que lhe levará em breve a fazer outra intervenção cirúrgica, Osmar Aguiar não poupou críticas a mesa diretora da Câmara que em suas palavras está lhe perseguindo claramente, quando segundo Osmar Aguiar, tentou de todas as formas, para que o suplente do PT, não assumisse.
Então Vereador Francisco Duruteu aplaudido quando saia da última sessão quinta-feira. 

De acordo com Osmar Aguiar, as mais diversas manobras articuladas pela a Mesa Diretora da Câmara para que o suplente de vereador Francisco Duruteu do PT não assumisse, não foi o suficiente e a justiça garantiu a posse do edil.


Osmar Aguiar lamentou que tenha sofrido tanta perseguição por conta do seu pedido de licença, enquanto que o prefeito Soliney sem elementos necessários que requer o regimento interno, conseguiu de imediato uma licença para também tratamento de saúde, enquanto que ele (Osmar Aguiar) com tudo certinho foi criado todo um grande problema em torno disto. “Para que a voz do PT não calasse no Parlamento de nosso município, em meio a esta grande perseguição, eu voltei. Eu parabenizo o grande desempenho do então vereador Francisco Duruteu, que representou muito bem representado a população de Coelho Neto, que busca melhores dias. Duruteu está deixando uma marca histórica na história do desenvolvimento do nosso município, e com certeza mostrou de muitas formas que é um ardoroso representante do povo,” diz Osmar Aguiar.
A volta do vereador Osmar Aguiar a Câmara municipal foi um fato político de relevância para o PT e para a bancada oposicionista, mas, em nem um momento ofusca o trabalho desempenhado pelo o vereador Francisco Duruteu.


Depois da sessão os assíduos espectadores de todas as sessões foram até ao gabinete do vereador Osmar Aguiar para lhe dá boas vindas. As dependências do gabinete ficou pequena para agregar tanta gente. Entre uma conversa e outras do memento, os presentes quiseram posar ao lado do Parlamentar Osmar que de forma carinhosa agradecia as manifestações de carinho a ele encaminhado por amigos e correligionários.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Rebelião em Pedrinhas foi iniciada pelo Bonde dos 40; SLZ teve oito ônibus queimados

Do Blog do Giberto Léda

(Fotos: Douglas Júnior/O Estado)
(Fotos: Douglas Júnior/O Estado)
O repórter Thiago Bastos, de O Estado, conversou ontem (9) com um dos integrantes do Bonde dos 40 – uma das facções criminosas que comandam o tráfico de drogas em São Luís -, que relatou, por telefone, o motivo do motim que terminou com 13 mortos e 26 feridos no Centro de Detenção (veja post abaixo).
Segundo o detento, a rebelião ocorreu devido ao episódio registrado no dia 1º de outubro deste ano, quando três presos foram mortos na Penitenciária de Pedrinhas, após a transferência de 35 presos da Central de Custódia de Presos de Justiça, do Anil. Os mortos seriam integrantes do Bonde dos 40, que teriam sido executados, na ocasião, por integrantes do grupo rival Primeiro Comando do Maranhão (PCM). “Nós não podíamos deixar batido o que fizeram com nossos irmãos. Precisávamos fazer alguma coisa para vingar a morte dos nossos irmãos”, disse o detento.
Perguntado se a razão da rebelião teve a ver com a descoberta de um túnel na Cadet, o preso negou. “Não tem nada a ver com túnel. Fizemos isso aqui hoje [ontem] porque os caras do PCM são nossos inimigos e tínhamos de matar eles”, disse.
onibus
(Foto: Reprodução/TV Mirante)
Ao mesmo tempo em que estourava a rebelião em Pedrinhas, membros do mesmo Bonda dos 40 faziam terror pelo cidade. Pelo menos oito ônibus, em oito bairros diferentes, foram incendiados pela gangue.
Houve registros na Cohab, no Cohatrac, Monte Castelo, Maracanã, VIla Janaína, Cidade Olímpica, Rio do Meio e São Raimundo.
(Foto: Douglas Jr./O Estado)
(Foto: Douglas Jr./O Estado)

Gabinete do PT na Câmara de Coelho Neto tem nova assessora

Do Portal Leste Maranhense
Zuleide Maria, é a mais nossa assessora do gabinete do Partido dos Trabalhadores, na Câmara municipal de Coelho Neto.
Zuleide Maria ao lado de seu esposo 
 Após Larissa Silva, que já era uma militante petista bastante conhecida nos corredores do legislativo coelhonetense viajar, o posto no gabinete do vereador Osmar Aguiar atualmente ocupado pelo vereador “Duruteu” foi ocupado por outra militante do PT de garra e luta, Zuleide Antônia de Maria.  
Zuleide Maria trabalha como fotógrafa ao lado de seu esposo em Coelho Neto e região tendo o seu trabalho reconhecido nas cidades vizinhas.
No dia em que o prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva, invadiu a sede do SINTASP/MCN, sindicato dos servidores públicos da microrregião de Coelho Neto, Zuleide Maria cobria a festa como fotógrafa, chegando a ser agredida fisicamente pelo próprio prefeito.

O episódio ganhou repercussão e a fotógrafa ficou bastante conhecida por sua bravura no exercício da profissão e por ter sido agredida por alguém que segundo a lei, está no lugar de proteger.   

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Situação é gravíssima em Pedrinhas, diz secretário; mortos já podem chegar a 20

Do Blog do Gilberto Léda
pedrinhas21h35 - O secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, classificou como “gravíssima” a situação em Pedrinhas, após uma rebelião que começou agora à noite na Casa de Detenção.
Contagem extraoficial já aponta pelo menos 20 mortos e o dobro de feridos. A Sejap confirma apenas quatro mortes – um a caminho do hospital e três ainda dentro do presídio. Membros da Comissão de Direitos Humanos da OAB citam 8 mortes.
Segundo apurou o blog, o motim começou depois que presos de facções criminosas rivais se encontraram no pátio do presídio. Após um quebra-quebra na unidade, as celas onde estavam pelo menos 600 presos foram abertas e o confronto ganhou proporções incontroláveis.
Vários tiros já foram ouvidos por quem está do lado de fora, o que sugere que há muitas armas entre os detentos.
Homens do Batalhão de Choque da Polícia Militar já entraram no complexo, mas ainda não conseguiram se aproximar do epicentro do confronto.

Exclusivo: veja a relação das prefeituras suspeitas de envolvimento com agiotas

Do Blog do Luís Cardoso
Enviado ao  Blog do Luis Pablo  a relação das prefeituras maranhenses que estão sob suspeita de envolvimento com a rede de agiotagem, que já furtou milhões dos cofres públicos.
O documento abaixo é do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) e da Delegacia-Geral de Polícia Civil, que pediram a quebra de sigilos bancários e fiscais das pessoas envolvidas com a agiotagem.
Ao todo, são 41 prefeituras envolvidas com a organização criminosa. O documento abaixo prova que ex-gestores e gestores, que se diziam vítimas das especulações da imprensa, estão realmente envolvidos com a quadrilha de agiotas.

sábado, 5 de outubro de 2013

Mais de 90 agentes comunitários de saúde decidem filiar-se ao SINTASP/MCN


O blog parabeniza aos mais de 90 agentes comunitários de saúde de Coelho Neto-MA que, de forma coletiva, decidiram filiar-se ao Sindicato dos Servidores Municipais. 

Após serem recepcionados na sede do sindicato, no inicio da noite desta sexta-feira (04) saíram em caminhada, acompanhados pelo presidente da entidade, Américo de Sousa, até o prédio da secretaria municipal de saúde para entregar uma pauta contendo as principais reivindicações da categoria que, ao longo dos anos tem prestado um importantíssimo trabalho junto à comunidade local, a exemplo do que ocorre nas demais regiões do país.


Entre as reivindicações estão: Redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais, distribuição de EPIs pela secretária de saúde para a categoria, gratificação de insalubridade, entre outras.

A data para a recepção foi escolhida por se tratar do  DIA DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE.

Eliziane Gama seguirá decisão nacional e deve ser anunciada como vice de Flávio Dino

Atual7
A decisão da ex-senadora Marina Silva de se filiar ao PSB acabou respingando nas eleições ao governo estadual do Maranhão em 2014.
De acordo com reportagem da Folha de S.Paulo e de O Estado de S.Paulo, Marina teria aceitado ser vice-presidente na chapa do governador de Pernambuco e presidente da legenda, Eduardo Campos.
Flávio Dino e Eliziane Gama estarão juntos em 2014. Foto: Reprodução
OPOSIÇÃO UNIDA Flávio Dino e Eliziane Gama estarão juntos em 2014. Foto: Reprodução
Juntos, eles formarão a ‘Coligação Democrática’, uma espécie de terceira via, disposta a quebrar a polarização entre PT e PSDB. A articulação teve papel decisivo do presidente do PPS, deputado federal Roberto Freire. Após uma reunião na manhã de hoje, o partido foi chamado para integrar a coalizão para ampliar a força do grupo contra a polarização PT-PSDB.
Eduardo Campos é um dos principais apoiadores da pré-candidato ao governo estadual no Maranhão, o presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB), que disputava com a deputada estadual Eliziane Gama (PPS), até antes da decisão de Marina, os votos de oposição contra o secretário de Estado da Infraestrutura, Luis Fernando Silva (PMDB), candidato da governadora sub judice do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB).
Presidente do PPS no Estado, Eliziane Gama já vinha alertando seu total apoio à Marina Silva, independente de qual partido a virtual presidenciável viesse se abrigar. ‘Voto na Marina Silva em qualquer situação, já avisei meu posicionamento’, declarou.
Dias antes da declaração da deputada estadual, lideranças de todo o Maranhão se reuniram durante a Convenção Estadual do PSB para reafirmar a união e da organização em torno de um projeto político que apoie o nome de Dino como candidato único da oposição, e aproveitaram para alfinetar Gama, que insistia em não ceder ao plano comunista. A reunião contou com a presença de Campos.
‘Há cerca de um ano e meio conversamos bastante sobre a realidade do Maranhão e o PSB não pode ficar de fora de alianças que apontem rumos de esperança para este Estado’, chegou a declarar o governador de Pernambuco, apontando para Dino.
Agora, com a chapa Eduardo Campos/Marina Silva formada, Eliziane Gama deve ser anunciada como vice de Flávio Dino no início da próxima semana, seguindo a decisão nacional, que deve ser anunciada às 15h deste sábado (5), em Brasília.