sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Coelho Neto: Américo de Sousa sofre retaliação política por aderir à campanha de Flávio Dino.

    Grande caminhada de lançamento de campanha e inauguração do comitê de Américo de Sousa.

Após ter o seu programa eleitoral retirado da propaganda eleitoral gratuita, Américo de Sousa, candidato a deputado estadual pelo Partido dos Trabalhadores, dispara contra o candidato Lobão Filho em sua rede social. Confira o desabafo do petista: 



Durante gigantesca caminhada de lançamento da nossa campanha eleitoral, realizada no dia 24/08/2014, em Coelho Neto, o candidato a governador Flávio Dino 65, na presença de uma multidão, declarou que desde o ano 2006 namorava politicamente com Américo de Sousa, 13111, deputado estadual e que estava feliz pelo nosso casamento político. Até aí tudo bem, o que não sabia era que Lobão Filho que também me cortejou politicamente até meados de julho deste ano, ficou tão enciumado que resolveu me perseguir ordenando a retirada de nosso programa eleitoral do horário político gratuito na última quarta-feira, cometendo uma verdadeira ingerência na direção do PT do Maranhão. 
Já estou tomando as devidas providências para que nosso programa eleitoral volte a veicular normalmente conforme legislação eleitoral, pois o horário político gratuito do PT para deputado estadual não pertence a Lobão Filho, nem tampouco à família Sarney, o tempo de rádio e TV da campanha de deputado estadual do PT pertence exclusivamente aos candidatos do PT.
Outra questão que quero deixar bem claro é que em 2010 atendendo a pedido do campo majoritário do PT do Maranhão apoiamos Roseana Sarney para fazer o melhor governo de sua vida, porém, o que ela fez foi o pior governo da vida do povo maranhense. E como tem aquele ditado que diz que errar é humano, mas permanecer no erro é burrice, não adianta as perseguições de Lobão Filho ou de quem quer que seja, por respeito à coletividade e às nossas próprias consciências, não votaremos em Lobão Filho nem amarrados, nosso candidato a governador é Flávio Dino 65, a maioria dos petistas maranhenses, também, votam assim.
Peço a todas as lideranças do PT do Maranhão para se dedicarem à campanha da Dilma 13, ajudem a divulgar nossos candidatos a deputados estadual e federal e que passem a apoiar Flávio Dino 65, vamos colocar os interesses coletivos acima de interesses de grupos, o povo do Maranhão não aguenta mais viver nesse estado de pobreza absoluta por conta desse grupo Lobão/Sarney que a cada dia piora os indicadores sociais do nosso Estado.

domingo, 24 de agosto de 2014

O petista Américo de Sousa demonstra força política e realiza grande caminhada de inauguração de seu comitê em Coelho Neto


O candidato a deputado estadual de Coelho Neto Américo de Sousa-PT realizou na manhã deste domingo(24) uma gigantesca caminha pelas ruas da cidade ao lado de seus candidatos Zé Carlos - deputado federal e Flávio Dino - governador.

A concentração foi em frente à residência do petista, onde Zé Carlos e Flávio Dino eram aguardados para o evento. O deputado Zé Carlos foi o primeiro a chegar ao local e algum tempo depois foi a vez de Flávio Dino se juntar à multidão para saírem em caminhada.


Numa demonstração de força política e organização, Américo de Sousa fez bonito e conseguiu se fazer acompanhar por uma grande multidão, percorrendo algumas ruas e avenidas de Coelho Neto em clima de muita animação, indo parar em frente ao seu comitê.

Na chegada houve um pequeno imprevisto. É que o local que foi preparado para acomodar pouco mais de 500 pessoas sentadas se tornou pequeno, visto à grande quantidade de gente que compareceu ao evento. Diante disso, houve um pequeno momento de indecisão se seria possível fazer a parte das falas dos candidatos e lideranças políticas dentro do comitê com parte do público do lado de fora ou se no meio da rua, onde todos podia participar e ver mais de perto os oradores. Ligeiramente a coordenação da campanha de Américo optou por fazer no meio da rua mesmo.

O deputado Zé Carlos em seu discurso assumiu o compromisso de trabalhar por Coelho Neto como deputado federal e falou da importância da cidade eleger Américo de Sousa para deputado estadual.

Américo de Sousa por sua vez falou da importância de reeleger a presidente Dilma. Pediu a todos que vão votar nele para deputado estadual que votem também em Zé Carlos para deputado federal, uma vez que este o está ajudando em mais de 30 municípios do Maranhão e declarou para todos que o seu candidato a governador é Flávio Dino, para quem também pediu voto e apoio.

Nem mesmo o sol forte conseguiu dispersar a multidão que acompanhou tudo atentamente até o final.

Sem dúvida nenhuma o ato político que marcou a inauguração do comitê de Américo de Sousa com a presença de Zé Carlos, Flávio Dino e de lideranças políticas e sindicais de várias cidades do estado, que vieram demonstrar apoio ao projeto político do petista, será assunto comentado nas rodas de conversas durante toda a semana e não deixará dúvidas de quem de fato tem força política e apoio popular no município de Coelho Neto.

Sem esquecer que a declaração de apoio à candidatura de Flávio Dino será de grande importância na consolidação da vitória deste rumo ao governo do Maranhão, uma vez que Américo de Sousa é a segunda força política de Coelho Neto, onde em 2012 obteve mais de 40% dos votos como candidato a prefeito. Foram mais de 10 mil votos contra o poderio econômico do prefeito Soliney Silva. 

Podemos dizer que Américo deu um grande passo rumo a sua eleição para deputado estadual na manhã deste domingo com esse grande evento.

Click: Lançamento da campanha e inauguração do comitê de Américo de Sousa deputado estadual em Coelho Neto.





















terça-feira, 19 de agosto de 2014

Américo de Sousa e Zé Carlos aparecem bem colocados em mais uma lista de candidatos com chances de vitória.



Lista atualizada de favoritos para eleição de deputados federais e estaduais.

Do Blog do Gilberto Léda.

* Nos quadros acima, os candidatos estão separados de acordo com suas coligações.

* Abaixo dos quadros, a quantidade estimada de vagas por coligação.

* Os candidatos cujos nomes estão nas faixas escuras têm eleição praticamente certa.

* Os candidato cujos nomes estão nas faixas claras disputam as demais vagas.

* O levantamento é de um colaborador do blog.


OBS: A imagem dos candidatos acima e os grifos em vermelho são de autoria do Blog do João de Sousa

domingo, 17 de agosto de 2014

Flávio Dino 56% Edinho 26%, Diz Pesquisa Exata/Tv Guará




Instituto aponta que a rejeição a Edinho Lobão é de 39% e Flávio Dino, 16%.

Flávio Dino (PCdoB) permanece com larga vantagem nas eleições para o Governo do Estado de 2014, aponta pesquisa Exata / TV Guará. Com 56% das intenções de voto, o candidato da oposição lidera a disputa, vindo em segundo lugar o candidato Edinho Lobão (PMDB), com 26% das intenções de voto. Pesquisa também mostrou rejeição dos candidatos.

A pesquisa Exata / TV Guará apontou que outros três candidatos tiveram desempenho de 1% no eleitorado: Zé Luís Lago (PPL), Antonio Pedrosa (PSOL) e Saulo Arcângeli (PSTU). Josivaldo Correa, do PCB, não pontou. Brancos e nulos somam 8% dos entrevistados e não sabem ou não responderam, 7%.

A diferença do candidato Flávio Dino para o segundo colocado no fim de semana antes do início da propaganda eleitoral de Rádio e Televisão é de 30 pontos percentuais a mais que o segundo colocado, Edinho Lobão, apoiado pelo grupo Sarney. O histórico da pesquisa Exata mostra que aumentou

Esta é a terceira pesquisa do Instituto Exara em parceria com a TV Guará. Em julho, o instituto aferiu que Flávio Dino possuía à época 54% das intenções de voto contra 25% de Edinho Lobão. A comparação mostra crescimento de 2 pontos de Flávio Dino e 1 ponto de Edinho Lobão.

O instituto Exata avaliou ainda a rejeição dos candidatos a governador. Quando perguntados “em quem não votaria de jeito nenhum,” 39% dos entrevistados disseram rejeitar Edinho Lobão. Em segundo lugar neste quesito está Zé Luís Lago com 21%.
Com 18% de rejeição aparece Josivaldo Correa e, em quarto, Flávio Dino com 16% de rejeição. Seguido de Saulo Arcangeli e Antonio Pedrosa, ambos com 14%. Dentre os entrevistados, 12% disseram que poderiam votar em todos e 8% afirmaram que não votariam em nenhum deles.


A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral registrada sob o protocolo 035/2014. Foram ouvidas 1400 pessoas em 45 municípios em todas as regiões do Maranhão. A margem de erro da pesquisa é de 2,3 pontos percentuais para mais ou para menos.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Eduardo Campos morre em queda de avião em Santos

Da Gazeta do Povo
Folhapress
Folhapress /
ACIDENTE
Candidata a vice-presidente na chapa de Campos, Marina Silva não estava na aeronave e se encontra em sua casa, em São Paulo, reunida com políticos da Rede e pessoas próximas
13/08/2014 | 11:34 | atualizado em 13/08/2014 às 15:38
O candidato do PSB à Presidência, Eduardo Henrique Accioly Campos (PSB), morreu na manhã desta quarta-feira (13) na queda de uma aeronave em Santos, na litoral sul de São Paulo. Campos, que havia completado 49 anos no último dia 10, morreu no mesmo dia em que o avô Miguel Arraes.
Além dele, morreram no acidente mais seis pessoas: Pedro Valadares Neto, ex-deputado e assessor particular do candidato; Carlos Augusto Percol Filho, assessor de imprensa; Marcelo de Lyra, cinegrafista, e Alexandre Gomes e Silva, fotógrafo. Também estão entre as vítimas os pilotos da aeronave, Geraldo da Cunha e Marcos Martins. A mãe de Eduardo Campos passou mal ao saber do acidente. Oito casas foram atingidas pela aeronave na queda.
Perfil: Neto de político, Campos era especialista em surpreender
Eduardo Campos nasceu em Recife, em 10 de agosto de 1965. Ele completou o curso de Economia da Universidade Federal de Pernambuco em 1985. Depois, virou chefe de gabinete do avô, em 1987, na segunda gestão Miguel Arraes. Em 1990, elegeu-se deputado estadual e, em 1994, chegou à Câmara dos Deputados
Terceiro nas pesquisas, Campos foi líder em viagens pelo país
Eduardo Campos (PSB) estava em terceiro lugar na corrida eleitoral à Presidência, tinha a menor rejeição entre os principais concorrentes e era o líder em viagens, tendo percorrido quase 30 mil quilômetrospor ar ou terra, segundo levantamento do "Estadão Dados"
Leia a última entrevista concedida por Eduardo Campos
O ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB-PE), que estava em helicóptero que caiu em Santos nesta quarta-feira, voltava do Rio de Janeiro, onde foi entrevistado na noite de terça-feira pelo "Jornal Nacional" e pelo "Jornal das Dez", da Globo News
● Presidenciáveis e amigos lamentam a morte de Eduardo Campos
A aeronave decolou às 9h do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino aoaeroporto de Guarujá (SP). A queda aconteceu na rua Vahia de Abreu, no bairro do Boqueirão, região central de Santos. Uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) já está em Santos, para iniciar as primeiras apurações sobre o caso. Normalmente as investigações duram 30 dias.
A ex-senadora Marina Silva, candidata a vice-presidente na chapa de Campos, estava ontem no Rio e embarcaria esta quarta no avião que caiu ao tentar pousar no Guarujá (SP). Na última hora,Marina mudou a rota e decidiu embarcar em um avião de carreira com assessores.
Marina está nesta tarde em sua casa, em São Paulo, reunida com políticos da Rede e pessoas próximas. Segundo relatos, a ex-senadora está em estado de choque e não vai se pronunciar. Desde a manhã, quando foi divulgada a notícia do acidente, integrantes da campanha de Campos e Marina tentavam confirmar se ele estava na aeronave.
A coligação de Eduardo Campos agora tem dez dias para indicar o substituto dele na disputa presidencial - a legislação eleitoral prevê que, em caso de falecimento do candidato, pode haver a substituição em qualquer período, mesmo já tendo sido encerrado o prazo legal para outras substituições. O nome pode ser de qualquer legenda da chapa “Unidos pelo Brasil”, composta por PSB, PPS, PHS, PRP, PPL e PSL. Existe, ainda, a possibilidade de desistir de participar do pleito.
Eduardo Campos havia marcado uma entrevista para esta quarta-feira, às 10 horas, na Praia do Mercado. Na agenda também estava prevista sua presença no Seminário Santos Export - Fórum Internacional para a Expansão do Porto de Santos, no Guarujá (SP). "A gente está atordoado. Parece que não há sobreviventes. Parece que perdemos o Eduardo. O Eduardo não conseguiu descer (o avião não conseguiu pousar), não há sobreviventes na aeronave. É uma perda irreparável", disse deputado Júlio Delgado, presidente do diretório do PSB em Minas Gerais, visivelmente emocionado.
Estão indo para Santos Carlos Siqueira, chefe da campanha e muito próximo de Campos, o deputado Roberto Freire (PPS-SP) e o governador Geraldo Alckmin (PSDB). A aeronave, segundo fontes da campanha, era usada com frequência pelo candidato.
O acidente
O candidato havia saído do Rio de Janeiro em um jatinho Cessna 560XL Citation às 9h, com destino ao Guarujá, cidade vizinha de Santos no litoral paulista. Campos cumpriria agenda em Santos com sua candidata a vice, Marina Silva (PSB).
Segundo a Força Aérea Brasileira (FAB), perto das 9h50 o piloto da aeronave informou que tinha pouca visibilidade para pousar no Guarujá e arremeteu a aeronave. Logo após, a torre perdeu contato com o avião - que tem capacidade para 12 pessoas, em configuração padrão.
De acordo o presidente do PSB-SP, Márcio França, que aguardava Campos na base aérea do Guarujá, a aeronave arremeteu. "Perdemos contato com o avião depois disso", afirmou França. Depois disso, durante cerca de uma hora, houve uma troca incessante de telefonemas entre integrantes da campanha, jornalistas e autoridades aeronáuticas para tentar localizar Campos. "Eu ouvi um barulho muito forte, a princípio pensei que era um transformador. Quando fui ver era uma aeronave caindo", disse Luiz Carlos Tavares, caixa de um açougue próximo ao local do acidente.
De acordo com informações obtidas na Força Aérea Brasileira, o piloto do avião teria entrado em contato com a estação de rádio do aeroporto de Guarujá, antiga base aérea de Santos, informando que faria o procedimento de pouso. Em seguida, o piloto teria informado não ter encontrado visualmente o local para pouso e arremetido. Em seguida, houve o choque com o prédio. O aeroporto de Guarujá não tem torre de controle do tráfego aéreo, mas uma estação de informação e alerta.
Testemunhas da queda do Cessna disseram que a aeronave vinha em baixa altitude desde a Praça Mauá, no centro de Santos. "Pareceu que ele procurava a praia, ou que ele tentou desviar de um prédio vizinho a mim. Só sei que ele fez uma curva e desceu. Aí explodiu", disse a funcionária pública Flávio Capp, de 49 anos, que mora a um quarteirão de distância do local do acidente.
A fiação de todas as vias da região foi desenergizada para facilitar o trabalho de resgate e rescaldo do incêndio provocado pela queda do avião.

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Cuidado! Elas estão de volta!!


Laranja, uma fruta muito apreciada, de sabor agradável e capaz de nos fornecer um belíssimo suco.

Mas quando se trata de política essa fruta rica em vitamina C passa a designar algo, digamos que maléfico para qualquer projeto político sério. São as chamadas candidaturas laranjas, que nada mais são do que candidaturas sem sentido, patrocinadas por um grupo político dominante que não quer perder o  poder para uma segunda força política.

Como forma de tirar votos dessa segunda força política, o grupo dominante passa a sabotá-la, patrocinando candidaturas que surgem do nada e sem chance alguma de chegar ao cargo pretendido. Quem se propõe a isso recebe muito bem só para atrapalhar o projeto de quem de fato tem condições de se eleger.

Não é muito difícil identificar esse tipo de artifício político. Basta um olhar atento. Embora tentem fazer parecer que estão de fato brigando por vaga e que têm chance de vitória, muitas vezes até sob o disfarce de oposição. A falta de sentido desse tipo de candidatura é o maior indício de que podemos está diante das chamadas candidaturas laranjas.

Abra o olho, eleitor!

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

FETRAM contrata novo assessor jurídico


Instituição sindical que se preza precisa dispor de uma boa assessoria jurídica e, nesse sentido a FETRAM acertou em cheio ao contratar Dr. Walkmar Neto, haja vista sua larga experiência na área do direito público e sindical.

O anúncio da contratação foi feito no último final da semana durante a realização da
5ª Plenária Estadual da entidade. 


Dr. Walkmar Neto há mais de quatro anos vem prestando assessoria jurídica para o Sindicato dos Servidores Municipais da Microrregião de Coelho Neto-MA e, ao longo desse tempo conseguiu via judicial vitórias importantes para os servidores desses municípios (Coelho Neto, Afonso Cunha, Duque Bacelar e Buriti).

De acordo com o que nos relatou o próprio Dr. Walkmar, a sua linha de atuação nesse primeiro momento será no sentido de organização da base sindical, com visitas e trabalhos nas mais de sessenta cidades do Maranhão que possuem sindicatos filiados à Federação.

Está de parabéns a Federação pela excelente contratação.

terça-feira, 29 de julho de 2014

Saiba quem são os favoritos para vencer as eleições de deputado estadual.

Fonte: Blog do Diego Emir.


Próximo de finalizar o primeiro mês de campanha eleitoral, já é possível montar uma provável composição da Assembleia Legislativa, a partir de 2015. Apesar de muitos candidatos ainda esperarem julgamentos do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão é possível fazer um exercício, apontando quais são os favoritos para a disputa de deputado estadual.

Os partidos alinhados com o candidato a governador Lobão Filho (PMDB), são os que possuem maior chance de elegerem deputados, a expectativa é de eleição de pelo menos 29 parlamentares. A oposição vem forte e deve fazer no minimo 13 representantes, mas esse número pode aumentar, dependendo do desempenho. Uma surpresa também pode ser aprontado pelo PPL, que possui 36 candidatos e tem chances de eleger pelo menos um representante.

Vamos as coligações e nomes:

Afonso Manoel é um dos favoritos
no chapão governista. Possui forte
votação na região metropolitana
Coligação "Pra frente Maranhão 2": PMDB-PV-PR-PSC-DEM-PTB-PRTB-PTdoB - 15 a 16 vagas - 101 candidatos

Favoritos: Roberto Costa (PMDB), Nina Melo (PMDB), Andréa Murad (PMDB), Adriano Sarney (PV), Antônio Pereira (DEM), Josimar da BR (PR), Rogério Cafeteira (PSC), Edilázio Júnior (PV), Max Barros (PMDB), Hélio Soares (PMDB), Afonso Manoel (PMDB), Stênio Rezende (PRTB), César Pires (DEM), Manoel Ribeiro (PTB) e Carlos Filho (PRTB). 
Roberto Costa é um dos mais fortes na
disputa e pode ficar entre os mais
votados

Brigam pelas últimas vagas: Rigo Teles (PV), Hemetério Weba (PV), Socorro Waquim (PMDB), Fábio Braga (PTdoB), Priscila Louro (PR) e Léo Cunha (PSC).

Coligação "Vamos juntos Maranhão": PEN-PMN-PHS-PSD - 3 vagas - 60 candidatos

Favoritos: Jota Pinto (PEN), Eduardo Braide (PMN) e Danubia (PMN).

Brigam por uma última vaga: Carlinhos Florêncio (PHS), Pryscilla Sá (PEN) e Sérgio Vieira (PEN).

Coligação "Força Jovem": PRP-PSDC-PTN - 2 a 3 vagas - 54 candidatos

Favoritos: Sousa Neto (PTN) e Marcos Caldas (PRP).

Brigam por uma última vaga: Paulo Neto (PHS), Alexandre Almeida (PTN), Severino Sales (PRP) e Enoque Mota (PRP).

Yglésio Moyses deve ser um dos novos
representantes na Assembleia
PT - 3 vagas - 26 candidatos

Favoritos: Zé Inácio, Francisca Primo e Yglésio Moyses.

Brigam por uma vaga: Américo de Sousa, Fernando Silva, Valdinar Barros e Fransuila.

PRB - 3 vagas - 13 candidatos

Favoritos: Glaubert Cutrim, Ana do Gás e Dr. Pádua.

Brigam por uma vaga: Alberto Franco e Júnior Verde.

PSL - 2 vagas - 46 candidatos

Favoritos: Édson Araújo e Graça Paz.

Briga por uma vaga: Remi Trinta

Forte nome da oposição, Othelino Neto
é um dos favoritos para garantir uma
vaga no chapão oposicionista
Coligação "Todos pelo Maranhão 4" - PSDB-PSB-PCdoB-PDT - 9 a 12 vagas - 84 candidatos

Favoritos: Humberto Coutinho (PDT), Fábio Macedo (PDT), Rafael Leitoa (PDT), Othelino Neto (PCdoB), Neto Evangelista (PSDB), Raimundo Cutrim (PCdoB), Camilo Figueiredo Filho (PCdoB), Hélio Santos (PSDB) e Valéria Macedo (PDT).

Brigam pelas últimas vagas: Bira do Pindaré (PSB), Gardênia Castelo (PSDB), Sérgio Frota (PSDB), Telma Pinheiro (PSDB), Carlinhos Amorim (PDT), Dr Gutemberg Araújo (PSDB), Ivaldo Rodrigues (PDT) e Júlio Pinheiro (PCdoB).

Coligação "Para um novo Maranhão" - PPS-PROS-PP-Solidariedade - 2 ou 3 vagas - 65 candidatos

Favoritos: Carlos Wellington (PPS) e Patrícia Vieira (PROS) 

Brigam pela última vaga: Luciano Genésio (SDD), Rildo Aamaral (SDD), Levi Pontes (SDD), Calvet Neto (SDD) e Vieira Lima (PPS).

Com uma proposta diferente de
campanha, Edson Travassos pode
surpreender no resultado final
PTC - 1 ou 2 vagas - 35 candidatos

Favorito: Edivaldo Holanda Braga

Brigam pela última vaga: Nonato Aragão e Edson Travassos

PPL - 0 ou 1 vaga - 36 candidatos

Brigam pela vaga: Cleiton Sousa e Ricardo Lago

PSOL - 0 vaga - 13 candidatos

PCB - 0 vaga - 6 candidatos

PSTU - 0 vaga - 4 candidatos

*Em breve apresento o cenário para deputado federal


Comentários do Blog do João de Sousa:

No grupo de candidatos do PT foi feita a retificação por este blog onde aparecia o nome Américo Neto, para Américo de Sousa, uma vez que o único Américo que existe no partido como candidato nestas eleições é o Américo de Sousa. Também entrarei em contato com o titular do blog solicitando gentilmente a retificação.

Informo ainda que o destaque no nome de Américo de Sousa foi feito por este blog.

Coelho Neto: O TRE/MA já deferiu a candidatura de Américo de Sousa-PT


O candidato a deputado estadual Américo de Sousa-PT já se encontra com o seu registro de candidatura deferido pelo TRE/MA. Na prática, Isso significa que o petista já pode pedir votos oficialmente  sem nenhuma restrição legal.
Confira:





segunda-feira, 28 de julho de 2014

Encontro de Américo de Sousa com Flávio Dino repercute em vários meios de comunicação do Maranhão.

Portal Vermelho foi mais um dos sites de notícias que repercutiu o encontro entre o petista Américo de Sousa e Flávio Dino ocorrido nesta segunda-feira (28), dois dias depois de o  petista que é candidato a deputado estadual surpreender até mesmo ao próprio Flávio Dino com sua declaração de apoio. Veja:


Preocupação social foi fundamental para apoiar Dino, diz Américo



O candidato a deputado estadual pelo PT de Coelho Neto, Américo de Sousa, esteve reunido na tarde desta segunda-feira (28) com Flávio Dino para reafirmar seu apoio ao candidato da Coligação Todos pelo Maranhão. Américo de Sousa já havia usado as redes sociais na última sexta-feira (25) para declarar apoio a Flávio Dino.

Preocupação social foi fundamental para apoiar Dino, diz Américo
Preocupação social foi fundamental para apoiar Dino, diz Américo

A sensibilidade de Flávio Dino com as questões sociais foi a principal motivação do petista para oficializar o apoio. “Temos uma preocupação com a melhoria da qualidade de vida das pessoas e 


percebemos que o projeto do Flávio contempla esta questão”, declarou o petista, que concorreu ao cargo de prefeito nas últimas eleições. 



Outra liderança petista   de Coelho Neto que abraçou a candidatura de Flávio Dino foi o vereador Osmar Aguiar. Ele avaliou que o apoio de Américo de Sousa fortalece ainda mais o sentimento de mudança já notório na região dos Cocais. “Vamos trabalhar para conseguir a maioria dos votos em Coelho Neto, que já vibra com o sentimento de mudança”, garantiu. 

O petista Américo de Sousa confirmou o que já tinha dito por meio das redes sociais. “Flávio tem um currículo muito rico e tenho certeza que, com o apoio de todo o grupo político, vai fazer um grande governo priorizando o desenvolvimento social.” 

Ao agradecer o gesto de apoio, Flávio Dino confirmou presença no lançamento da candidatura de Américo de Sousa ao Parlamento Estadual.



Fonte: Coligação Todos pelo Maranhão - Flávio Dino 65


Américo de Sousa, do PT de Coelho Neto, se reúne com Flávio Dino.


O candidato a deputado estadual pelo PT de Coelho Neto, Américo de Sousa, esteve reunido na tarde desta segunda-feira (28) com Flávio Dino para reafirmar seu apoio ao candidato da Coligação Todos pelo Maranhão. O petista concorreu ao cargo de prefeito nas últimas eleições municipais.

Américo de Sousa já havia usado as redes sociais na última sexta-feira (25) para declarar apoio a Flávio Dino.

Outra liderança petista de Coelho Neto que abraçou a candidatura de Flávio Dino foi o vereador Osmar Aguiar. 

fonte:Blog do Ludwig Almeida 

sábado, 26 de julho de 2014

Amarelou??


A decisão do prefeito de Coelho Neto, Soliney Silva, de retirar a candidatura do filho da disputa de deputado estadual, anunciada na noite de ontem (26) alegando problemas de saúde do rapaz parece não ter convencido muita gente.

Sem querer questionar os alegados problemas de saúde do rapaz, convenhamos que faz tempo que se ouve falar nisso na cidade e que portanto, ao decidir lançar o filho para uma campanha que, acima de tudo, exige um grau elevado de esforços físicos por parte do próprio candidato,  o problema de saúde do rapaz deve ter sido algo discutido.

Acontece que, nem tudo parece ter saído como o prefeito esperava. A falta de apoio por parte dos prefeitos das cidades vizinhas: Afonso Cunha, Duque Bacelar e Buriti ao seu projeto político, coisa que para muitos ele já dava como favas contadas, acabou não se concretizando. 

Restava ainda a esperança do apoio do ex-prefeito de Duque Bacelar, Dr. Chico Burlamaqui, mas esta semana saiu a decisão de que o ex-prefeito e seu grupo político irão apoiar mesmo é Graça Paz para deputada estadual.

Tudo isso de certa forma soou como falta de prestígio político do prefeito que não conseguiu articular a campanha do próprio filho nas cidades vizinhas, onde o mesmo é mais conhecido. Sem falar que o rapaz está num chapão disputando com nomes de peso, onde tudo pode acontecer. E sair derrotado dessas eleições seria politicamente muito ruim para o prefeito.

Tudo isso aliado ao fato de que o prefeito terá que enfrentar novamente nessas eleições, ninguém menos que Américo de Sousa-PT, seu maior rival político e segundo colocado nas eleições de 2012 com mais de 40% dos votos para prefeito. E segundo avaliação de muitas pessoas do meio político, na cidade de Coelho Neto o filho do prefeito perde feio para o petista, o que seria ainda pior do que perder a eleição de deputado.

Diante de tudo isso, a desistência do filho do prefeito, sob alegação de problemas de saúde, seria uma saída estratégica para evitar a iminente derrota política.  

Será???

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Coelho Neto: Candidato a deputado estadual Américo de Sousa declara apoio a Flávio Dino para governador do Maranhão.


Conforme anunciado por este blog, o candidato a deputado estadual Américo de Sousa-PT tornou público seu apoio no que se refere a candidato a governador do Maranhão. A decisão deve ter pego muita gente de surpresa, uma vez que houve até meio de comunicação informando que o mesmo apoiaria Lobão Filho.

O que se sabe é que mesmo apoiando Flávio Dino, Américo de Sousa não se juntará com o chamado grupo “B”, liderado pelo vice de Soliney, Sérgio Guanabara e seu pai, Raimundo Guanabara & Cia.

Confira a seguir a decisão do petista publicada na madrugada deste sábado (16) em seu facebook: