sexta-feira, 24 de junho de 2016

Ex-prefeito de Buriti, Neném Mourão é preso na manhã desta sexta-feira (24).

image
O juiz de Buriti/MA Dr José Pereira Lima Filho determinou a prisão do ex-prefeito de Buriti (MA) Francisco Evandro Freitas Costa Mourão, vulgo Neném Mourão. O ex-prefeito foi preso em sua casa, na manhã desta sexta-feira (24) quando tentava sair.

Ele já está sendo recambiado neste momento para Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís/MA.

A informação da prisão foi confirmada ao Correio Buritiense pelo delegado de Buriti Josemar Rocha.

Aguarde mais detalhes breve. 

Do Correio Buritiense.






quinta-feira, 23 de junho de 2016

Devagar se vai ao longe.

Diante das especulações feitas nas últimas horas em torno de uma suposta aliança entre PT e PCdoB em Coelho Neto, onde foi citado até o nome de Duduzinho como sendo o provável vice na chapa de Américo de Sousa, vale ressaltar que:

Isso não chegou a ser discutido e que o pré-candidato a prefeito Américo de Sousa está dialogando e buscando entendimento no sentido de fazer composições, agregar forças políticas e montar uma chapa majoritária capaz de libertar Coelho Neto do caos administrativo que se instalou no município há quase oito anos.

O nome citado como provável vice de Américo deixou claro há pouco em reunião do partido que a informação acerca de seu nome como vice não procede.

Américo irá anunciar a chapa majoritária do grupo no começo de julho. Provavelmente entre os dias 1 e 2 do citado mês. As conversações nesse sentido estão sendo definidas.

O petista tem se portado com serenidade e muita maturidade diante dos acontecimentos políticos de Coelho Neto, refletido bastante sobre cada um deles e aguardado o momento certo para agir. Saber esperar é uma de suas principais virtudes.

Afinal, devagar se vai ao longe!

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Quando as imagens e fatos falam por si.

A disputa política em Coelho Neto nessas eleições tem protagonizado situações que merecem uma profunda reflexão e análise por parte da população do município.

Interesses repentinos, situações e mudanças de postura mal explicadas que poderia na verdade deixar as coisas um pouco obscuras acabam de fato se explicando com o passar dos dias e daquilo que tem vindo à tona.

Para tentar quebrar um pouco daquilo que tem atemorizado certa pré-candidatura surgida a partir de um interesse repentino pelas questões municipais, resolveram tornar público numa reunião, segundo informações, convocada às pressas aquilo que todos já sabiam: A adesão da ex-prefeita Márcia Bacelar e esposo à pré-candidatura de Luís Serra. Aqui parece que decidiram fazê-lo por parte. Um, depois o outro. Se a intenção era criar um fato novo e tirar o foco daquilo que está repercutindo na cidade, o evento fracassou. Diria até que reforçou certas argumentações e acabou dando uma maior compreensão das coisas que se ouve nas rodas de conversas nos últimos dias em Coelho Neto.
De imediato, a redação deste blog nada comentou a respeito do “evento” tucano ocorrido na noite de ontem(21), esperamos para colher algumas impressões no meio político a respeito do assunto, de modo que, passadas algumas horas, podemos afirmar categoricamente que elas estão longe do objetivo desejado por Serra.

Ao assistir ao vídeo feito exclusivamente para ser utilizado como “peça publicitária” não pudemos deixar de notar o clima pesado e tenso que dominou o ambiente no qual ocorreu a reunião e, em outro vídeo mais curto foi preciso que o pré-candidato quase que forçasse a ex-prefeita citar seu nome.

Esse último vídeo foi o mais comentado nas redes sociais. Houve até quem comparasse a cena àqueles depoimentos em que terroristas obrigam pessoas sequestradas a falar certas mensagens devidamente orientadas. Beirou o hilário, com todo respeito à ex-prefeita e ao pré-candidato. Falo das impressões e comentários aos quais tivemos acesso via redes sociais. Impressões e reações do povo.

No mais, nos admirar a ex-prefeita em sua fala dizer que não podemos está inventando candidato, justamente no evento em que se encontrava e declarando apoio exatamente a quem estava. Outras observações feitas pela ex-prefeita não merecem maiores considerações.

Respeitamos a decisão de Márcia Bacelar, mas consideramos muito fraco os argumentos e justificativas dadas para tal, uma vez que a própria, coisa de um mês atrás, segundo informações, dizia com todas as letras que a pré-candidatura à qual agora declara apoio era projeto de Soliney. Estranha essa mudança de opinião, não?

Vamos aguardar atentamente os próximos capítulos dessa disputa que promete pegar fogo e trazer à tona muitas coisas que ainda vão ser reveladas

terça-feira, 21 de junho de 2016

Ladeira abaixo.

Ao que tudo indica a pré-candidatura do tucano Luís Serra pode está com os dias contados. A divulgação de uma foto em que o mesmo aparece ao lado do narcotraficante morto semana passada no Paraguai e mais tarde a informação divulgada pelo próprio Serra de que o "Rei da Fronteira", como era conhecido o traficante morto, era sogro de sua filha, gerou grande repercussão negativa para sua pretensa candidatura a prefeito de Coelho Neto.

O Blog do Luís Cardoso, um dos mais lidos no Maranhão, acabou de repercutir o caso, estampando no início da matéria a tal foto na qual aparece a família de Serra juntamente com o traficante morto e instigando o PSDB a repensar o projeto político encabeçado por Serra no município de Coelho Neto.

Diante de tais circunstâncias, dificilmente o partido de Serra o apoiará, visto a exposição negativa do mesmo (PSDB) a nível de estado, podendo ser o assunto explorado até mesmo nacionalmente.

O caso é de extrema gravidade, de modo que o sonho de Serra de ser prefeito de Coelho Neto começa a se evaporar com a mesma rapidez com que surgiu. E aqui não se faz juízo de valor, muito menos sentença de culpa, mas é inegável que uma nuvem de suspeições acabou contaminando a candidatura do tucano. E isso está sendo veiculado na imprensa estadual.

E para piorar a situação, o próprio Serra, dias atrás, divulgou uma nota que, além de não explicar absolutamente nada, acabou gerando constrangimento no meio político e indignação na imprensa local, que tem assegurado o seu papel de informar, bem como na opinião pública.

Sobre a tal nota, só nos resta lamentar e dizer que:  Urubus só sobrevoam quando pressentem cheiro de carniça.

Agora só resta aguardar o desfecho dos acontecimentos.

domingo, 19 de junho de 2016

Tem coisa errada nessa história...

Para quem já viu de tudo um pouco, quando se trata de disputa política em Coelho Neto tem razão de sobra para, passada a euforia de certa repercussão, ver as coisas por outro ângulo e suspeitar estar em curso mais uma jogada maquiavélica para tirar proveito de uma situação real que, mais cedo ou mais tarde seria descoberta sua relação de proximidade e matar dois coelhos com uma cajadada só: Deixar alguém de “vítima” na história e ao mesmo tempo, dar mais alguns pontos de costura na esfarrapada fantasia que por mais que haja um esforço gigantesco em tentar disfarçar, tem deixado à mostra o que de fato existe no seu interior. De repente, reverter uma situação desfavorável, seja o termo mais apropriado que "tirar proveito". Ou ambos.

O vazamento de certo elemento com característica de arquivo pessoal reforça a suspeita levantada. Quem teria vazado o tal arquivo? Nesse caso, até quem pensava estar sabendo de tudo pode ter sido enganado e levado à dar início à propagação do fato. Uma verdadeira operação de risco, onde tudo já estaria devidamente planejado??

Talvez seja fácil descobrir a verdade com o passar do tempo pois, ninguém coloca sua própria integridade física em risco diante de um real e iminente perigo. A persistir a exposição é por que o perigo alardeado é fictício.     

domingo, 12 de junho de 2016

Para alegria do povo e desespero dos adversários.

Enquanto alguns capricham nos adereços (fantasias) numa desesperada tentativa de dar a certas figuras uma aparência de oposicionistas, ele não precisa mover um dedo nesse sentido, porque todos sabem que ele é indiscutivelmente oposição.

Só que seus adversários políticos estão diante de um inesperado problema: Américo de Sousa amadureceu e muito politicamente falando. Prova disse é que tem travando uma incessante agenda de diálogo com diversas lideranças políticas e pessoas da comunidade buscando somar forças para a disputa do pleito que se avizinha.

Para quem esperava e apostava todas as fichas num Américo de Sousa irredutível e fechado às conversações e busca de entendimento (seus adversários) não sabe o que fazer diante de uma pessoa que tem estado totalmente aberta a discutir e construir um projeto forte e capaz de resgatar Coelho Neto do caos que se instalou nesses oito anos de gestão de Soliney Silva à frente da prefeitura.

Todas as tentativas de isolá-lo politicamente fracassaram, pois a maior arma para isso seria a desculpa de que ele não conversa e que é uma pessoa intransigente. Essa desculpa caiu por terra diante dos olhos atentos da população de Coelho Neto e, sobretudo, daqueles que acompanham mais de perto o desenrolar dos acontecimentos políticos no município e que estão observando as idas e vindas e contradições de algumas figuras da política local.

Américo de Sousa aceitou disputar as prévias que iria indicar o candidato da oposição, participou de reuniões e mais reuniões com as demais lideranças do grupo, muitas delas começando tarde da noite e terminando quase ao amanhecer. 

Quando certo pré-candidato a prefeito desistiu da disputa sem sequer consultar o restante do grupo, ele permaneceu calado, evitando tecer qualquer tipo de comentário negativo ao mesmo. Depois resolveram ressuscitar duas pré-candidaturas de pessoas que já haviam anunciado publicamente desistência da disputa e mais uma vez ele permaneceu centrado. Na dele. Evitando qualquer tipo de embate, mas sem perder a firmeza de propósito muito menos o foco.

O certo é que enquanto alguns correm de um lado para o outro, ele segue firme no propósito de libertar o município do atraso, conversando e ouvindo muito. Ele está onde sempre esteve. Sendo exatamente a mesma pessoa. Sem fantasia e sem criar personagens.

E o que fazer com esse novo Américo de Sousa, estilo paz e amor? Devem estar se perguntando seus adversários. Ele não bate, não chuta logo o pau da barraca para que a gente tenha uma desculpa para abandoná-lo ou falar mal dele para a população...

Sinto informar a esses que continuarão desnorteados. Criaram o tal Protocolo de intenções, quebraram e invalidaram o mesmo e agora? Quem o desrespeitou e o invalidou não foi Américo, pelo contrário, ele estava disposto a cumprí-lo e apoiar outro nome. Mas para isso teriam que vencê-lo na pesquisa. E para fazer justiça, vale ressaltar que além de Américo houve quem discordasse da quebra do protocolo.

É bom que se diga, Américo de Sousa não está parado olhando a banda passar. Ele continua nas articulações e conversações com quem de fato quer conversar. Muitos precisam entender que nesse momento a política se dá nos bastidores. O que veremos nas ruas em breve será fruto daquilo que está sendo exaustivamente discutido e costurado agora.  E nesse sentido, Américo de Sousa está trabalhando duro. Enquanto alguns se esforçam para aparecer, ele articula e constrói nos bastidores com mais algumas pessoas, um projeto político participativo, viável e capaz de livrar a população de Coelho Neto do atraso e da ineficiência administrativa do governo Soliney Silva.

sábado, 11 de junho de 2016

A caminho do Legislativo municipal.

O radialista Franco Filho acabou de anunciar que é pré-candidato a vereador e que por esse motivo irá se afastar de suas atividades à frente do Programa A Voz da Cidade, bem como da função de servidor municipal, o que deverá ocorrer até o dia 29 deste mês.

Grande comunicador do rádio e um dos aliados de primeira hora do pré-candidato a prefeito Américo de Sousa, Franco Filho é um nome forte e com chances reais de ocupar uma das cadeiras no Poder Legislativo de Coelho Neto.

A ele, este Blog deseja sorte na caminhada.

Click: Parabéns, Wendel Oliveira!!

Completando mais uma primavera neste sábado, 11 de junho de 2016, meu amigo Wendel Oliveira, grande comunicador do rádio e da tv. Redator chefe do Sistema Veneza de Comunicação, apresentador e repórter, o polivalente e competente jornalista coelhonetense, atualmente reside na cidade de Caxias-MA, onde desenvolve seu trabalho. E ele, o Blog do João de Sousa faz votos de felicidades, saúde, vida longa, prosperidade e realização profissional.

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Enquanto alguns especulam, ele segue firme dialogando com as lideranças e buscando mais apoio.


Em meio a uma onda de boataria orquestrada com o intuito de causar constrangimento e intriga no meio oposicionista, Américo de Sousa tem trabalhado duro nos últimos dias em incessante diálogo com as demais lideranças da oposição e pessoas que ainda não aderiram ao projeto ao grupo.

Do lado governista o esforço tem sido para mostrar que há intransigência e falta da união entre as lideranças da oposição, sobretudo querendo fazer recair sobre Américo a culpa na suposta questão.

No entanto, uma análise desprovida de paixão política e até mesmo maldade, mostrará que Américo de Sousa tem sido extremamente democrático e aberto ao diálogo e que em nenhum momento se furtou a isso, prova maior é que o mesmo aceitou participar da disputa de uma prévia que indicaria o candidato do grupo, defendendo publicamente que se o seu nome não fosse o indicado na pesquisa, apoiaria aquele que tivesse melhor avaliação. Isso por si só demonstra desprendimento e espirito de grupo em favor da construção de um projeto maior, o resgate administrativo de Coelho Neto da péssima gestão do governo de Soliney Silva.

Mas percebe-se o desespero de certas figuras que parecem querer a todo custo isolar Américo no processo.

O certo é que ele tem estado aberto ao diálogo e mais que isso, está conversando e ouvindo as demais lideranças, se esforçando para agregar cada vez mais ao grupo. Desse modo, não há que se falar em intransigência ou falta de diálogo. Não da parte dele. Se alguém por ventura vier a se desligar do grupo, que procure uma outra desculpa porque alegar falta de diálogo ou consenso a população não vai engolir. Até mesmo porque o acordo era definir o candidato a prefeito do grupo por meio de pesquisa e não de consenso.

Américo está em campo, pronto para o jogo e buscando somar forças, pelo bem de Coelho Neto. O povo sabe disso! 

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Oposição de Coelho Neto segue firme na luta contra o atraso administrativo.


Há um ditado que diz: “o apressado come cru” ou ainda na mesma linha e com o mesmo significado: A pressa é inimiga da perfeição.

Após a desistência de um dos pré-candidatos a prefeito da oposição, houve um princípio de euforia dos adeptos dos projetos políticos do prefeito Soliney, “via oficial e via alternativa de manutenção de poder”, esta última com clima de histeria mais acentuado, como se a oposição de Coelho Neto se resumisse a esse fator, que diga-se de passagem, nem se sabe os efeitos dele na disputa que se avizinha, muito menos em que termos ele se concretizará, se é que de fato irá se concretizar.

O certo é que a oposição, sem querer menosprezar ninguém, é muito maior que esse ocorrido e engana-se quem acha que as lideranças oposicionistas estão cochilando e lamentando pelos cantos. Pelo contrário, os últimos dias têm sido de fortalecimento ainda mais da Frente Oposicionista de Coelho Neto para que com a ajudar do povo, vencer o projeto de continuísmo do caos administrativo que se instalou no município sob a batuta de Soliney Silva. As lideranças em estão a todo vapor no sentido de agregar mais forças ao projeto político do grupo.

No mais, creio ser precipitado se falar em invalidação do Protocolo de Intenções e dizer que as lideranças estejam desobrigadas a respeitá-lo, A bem da verdade, na oposição não tem esse negócio de alguém ser obrigado a algo, as lideranças é que são conscientes de que a união é o ingrediente essencial para que o projeto de resgate do município seja vitorioso nas urnas e, nesse sentido, o pessoal está animado e confiante na vitória, de modo que, tentar criar um vento favorável para os projetos do governo municipal atual a partir disso não passará de mera tentativa. Pelo menos no vento, acredito que o prefeito não manda, né?!

Para fechar este post, um sábio pensamento:


“A PIOR DESGRAÇA DO SABIDO É PENSAR QUE TODO MUNDO É BESTA”

Dilma Rousseff estará na sexta-feira em São Luís.

A presidente da República afastada, Dilma Rousseff, estará em São Luís, na próxima
sexta-feira (10), para participar de um ato público realizado por forças sindicais.
Dilma chegará a capital maranhense em voo comercial e cumprirá uma agenda extensa, começando pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA).
Depois seguirá para o Congresso UNEGRO, na Praça Nauro Machado, em seguida irá para a manifestação contra o impeachtment, que poderá acontecer ou na Praça Deodoro ou na Maria Aragão.
Os organizadores afirmam que será o maior ato público já realizado no Maranhão.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Mal informado.

Bastou o ex-deputado Antônio Carlos Bacelar anunciar sua desistência da pré-candidatura a prefeito de Coelho Neto para que certo blogueiro “aliado” ao desgoverno de Soliney Silva tentar plantar "erva daninha" no meio oposicionista.

Pelo visto o nobre blogueiro desconhece que o acordo firmado entre as lideranças oposicionistas é que o candidato a prefeito da FRENTE OPOSICIONISTA DE COELHO NETO será escolhido mediante pesquisa de opinião e não por meio de consenso. O ex-deputado apenas fez referência ao termo, certamente porque no entendimento dele seria também uma forma de demonstrar unidade, mas no decorrer da nota divulgada por ele, percebe-se os proeminentes motivos de sua desistência. Todos relacionados à questões pessoais.

Diz ainda o blogueiro "governista" que os nomes do ex-deputado e de Américo de Sousa foram os que mais se destacaram no grupo até o momento, sendo que Bacelar tinha grande vantagem sobre Américo. Aqui não se sabe de onde o blogueiro tirou essa “informação”, visto que até o presente momento somente uma pesquisa eleitoral(confusa) foi divulgada, e mesmo nela não se viu tal cenário, de modo que esse trecho da postagem parece estar mais para uma tentativa de gerar discórdia na oposição do que informação com base em fatos consistentes.

No mais, na oposição não tem novela, muito menos peça teatral em cartaz, ao estilo: Já tinganei uma vez e Quero tinganar de novo. Na oposição Tem sim, lideranças políticas empenhadas em tirar Coelho Neto do buraco administrativo em que foi colocado por essa gestão municipal incompetente e relapsa, administrativamente falando. 

Coelho Neto: Ex-deputado Bacelar desiste da pré-candidatura a prefeito.

O ex-deputado estadual Antônio Carlos Bacelar-PCdoB anunciou na noite desta sexta-feira(3) a desistência de sua pré-candidatura a prefeito de Coelho Neto. O anúncio foi feito durante reunião realizada em sua residência com aliados políticos, convocada com essa finalidade.

Logo depois do acidente automobilístico que sofreu juntamente com sua família, felizmente sem maiores danos físicos, haviam rumores de que ele poderia vir a desistir da pré-candidatura a prefeito, o que foi oficialmente confirmado na noite de hoje. Bacelar também divulgou uma nota à imprensa externando os motivos da desistência. Confira:

É com tristeza que venho comunicar a todas as senhoras e senhores munícipes e correligionários que resolvi abrir mão da minha pré-candidatura a prefeito do município de Coelho Neto.

Conforme é do conhecimento de todos, sofri há pouco tempo um desastre automobilístico muito grave, envolvendo além de mim, a minha esposa Márcia, o meu filho Bacelar Filho, a minha nora Karina Bacelar e os meus netos. Apesar da seriedade do acidente, nada de grave aconteceu a nós, um verdadeiro milagre, por obra do Divino Espírito Santo, diante do qual todos os dias levanto as minhas mãos aos céus e agradeço a bênção recebida.

Este fato muito abalou a mim e a minha família, deixando-nos chocados por vários dias, nos obrigando a refletir sobre a vida, os seus caminhos e os desígnios de Deus. A profunda reflexão, decorrente desse desastre e os apelos da minha família nos levaram a esta decisão que foi reforçada, mais ainda, pelo fato de existirem 4 pré-candidatos ao cargo de prefeito de Coelho Neto, sem se ter chegado a nenhum consenso, a cerca de uma candidatura única.

Quase ao mesmo tempo, prestes a deixar a CPRM, por onde iniciei a minha carreira profissional, no início da minha juventude, motivo pelo qual tenho um imenso vínculo emocional, recebi um chamamento de colegas da Empresa, apelando para que eu permanecesse na direção da CPRM, por mais algum tempo, tendo em vista a necessidade de consolidação de alguns objetivos estratégicos e da finalização de alguns programas em curso nesses quase 5 anos, à frente da Diretoria.

Afirmo, nessa oportunidade, a continuidade de nossos compromissos políticos e laços afetivos, para as próximas jornadas.

Assim me despeço, contando com a compreensão de todos os amigos e amigas, agradecendo, imensamente, em meu nome e de toda minha família, pelo apoio recebido.

Coelho Neto, 03 de junho de 2016


Antônio Carlos Bacelar Nunes

domingo, 29 de maio de 2016

Pesquisa eleitoral confusa vira motivo de piada em Coelho Neto.


A primeira pesquisa de intenção de votos para prefeito realizada no município nos últimos dias e divulgada nos primeiros minutos da madrugada deste domingo(29), encomendada por um aliado político do pré-candidato a prefeito Luís Serra, está dando o que falar na cidade.

A mesma que deveria revelar como anda o cenário político local para a disputa majoritária deste ano, acabou mesmo foi virando motivo de piada entre populares, para os quais, nem de longe o cenário apontado pela mesma corresponde à realidade política atual para a disputa em curso.

Os atropelos na dita pesquisa começam pela exclusão de dois pré-candidatos a prefeito: Antônio Pires e Doralice Santana que, embora seus nomes constem no formulário, as intenções de votos dos mesmos não aparecem. Para muitos é difícil acreditar que os dois juntos não tenham atingido sequer 1% das intenções de votos.  Essa falha até agora ninguém se manifestou no sentido de esclarecer o que teria ocorrido.

Ao apontar os números não há distinção de cenários oriundos da pesquisa espontânea e estimulada, assim como não há informação a respeito do índice de rejeição dos pré-candidatos, nem a avaliação dos governos: municipal, estadual e federal, ou seja, uma verdadeira confusão. Em quase todos os cenários divulgados, a alta margem de erro da pesquisa acaba deixando todos os pré-candidatos empatados tecnicamente.

Diferentemente da maioria das pesquisas do gênero que se destacam pelos números apontados, nessa eles acabaram virando meros coadjuvantes. O que se destacou mesmo foi a barrigada cometida que até o presente momento segue sem explicação.

Assim fica difícil ganhar credibilidade, né?! 

sábado, 28 de maio de 2016

A imagem do dia.


Como costumam dizer por aí: NUNCA NO BRASIL!!

"A PIOR DESGRAÇA DO SABIDO É PENSAR QUE TODO MUNDO É BESTA"